Connect with us

Ciência e Saúde

Estado já contabiliza mais de 50 mil casos autóctones de dengue no Paraná

Dados são do boletim da dengue, zika e chikungunya publicado pela Secretaria de Saúde

Publicado

em

A Secretaria Estadual de Saúde (SESA) divulgou os novos números da dengue no Paraná. De acordo com o boletim epidemiológico referente à última semana, disponibilizado na terça-feira, 12, dos 399 municípios paranaenses, 268 (67,2%) tiveram ocorrência de casos autóctones.

Em todo o Estado, já são mais de 54 mil casos confirmado de dengue, mais de 50 mil autóctones, mais de 3 mil importados e 60 óbitos.O número de mortes não foi alterado em Paranaguá, que permanece com 29 óbitos contabilizados.

 

 

Os dados obtidos pelo boletim contemplam o período de agosto de 2015 até a última semana. Paranaguá permanece como a cidade com maior incidência de dengue com relação ao número de habitantes, seguido do município de Assaí, Santa Cecília do Pavão, Rancho Alegre, Medianeira, Santa Terezinha de Itaipu, Ampére, Ibiporã, Mamborê, Foz do Iguaçu, Sarandi e São Miguel do Iguaçu. Do litoral do Paraná, apenas Antonina aparece listado como um dos municípios do Estado com maior incidência da doença.

A população pode consultar o site do Serviço de Alerta Climático de Dengue do Laboratório de Climatologia da UFPR (www.laboclima.ufpr.br) para verificar a situação do seu município quanto às condições favoráveis de proliferação do mosquito Aedes Aegypti.

Independente da análise meteorológica disponibilizada pela Universidade Federal do Paraná, a eliminação dos focos deve ser constante neste período para que não haja uma nova epidemia assim que o clima volte a esquentar.

ZIKA VÍRUS E CHIKUNGUNYA

Dos municípios do litoral, Paranaguá é o que possui maior incidência de zika vírus com nove casos autóctones, contraídos na própria cidade. Guaratuba, tem um total de seis casos, sendo cinco autóctones e um importado. Pontal do Paraná aparece no boletim com quatro casos importados. Matinhos e Guaraqueçaba com apenas um caso importado em cada um dos municípios. Antonina possuiu na última semana apenas quatro notificações e nenhuma confirmação.

Em se tratando da chikungunya, Paranaguá tem cinco casos confirmados, porém importados de outros municípios, e Guaratuba possui apenas um caso confirmado também importado.

Continuar lendo