Connect with us

Ciência e Saúde

Coronavírus: Paraná descarta suspeita, mas alerta continua

Na quarta-feira, Brasil confirmou o primeiro caso da doença em São Paulo (Foto: Divulgação Ministério da Saúde)

Publicado

em

Foi confirmado na quarta-feira, 26, pelos Ministério da Saúde, o primeiro caso de Coronavírus (Covid-19) no Brasil. Um brasileiro, de 61 anos, chegou da Itália, no dia 21 de fevereiro, apresentou os sintomas da doença e está em tratamento no Hospital Albert Eistein, em São Paulo (SP).  Também na quarta-feira, o Paraná descartou um caso suspeito de coronavírus em Guaíra, no oeste do Estado.

Diante da confirmação, as secretarias de saúde estaduais estão adotando protocolos de atendimento em hospitais para atender pacientes que apresentem algum dos sintomas para a doença. Os principais são febre, tosse e dificuldade para respirar.

A Secretaria de Estado da Saúde do Paraná (Sesa) afirmou, em nota, que tem realizado reuniões diárias, além de capacitações e orientações aos profissionais de saúde para protocolos de atendimentos em casos suspeitos de Coronavírus no Estado.

Desta forma, todos que estiveram fora do País nos últimos dias precisam redobrar a atenção e procurar atendimento caso observem algum dos sintomas. “Pessoas que estiveram em países com casos registrados de contágio, se apresentarem sintomas, devem procurar imediatamente uma unidade de saúde e relatar o histórico de viagem”, enfatizou a Sesa.

A Itália já registrou, até a quarta-feira, 323 casos de coronavírus, com 11 mortes. O contágio se concentra no norte do País, onde várias cidades estão sob quarentena.

Segundo a Sesa, o Hospital Regional do Litoral (HRL) está preparado e equipado para atender possíveis casos da doença adotando os protocolos estabelecidos pela Organização Mundial da Saúde (OMS), Ministério da Saúde e pela própria Sesa.

Prevenção

O médico pediatra Dr. Jonathan Aredes afirmou que a principal forma de prevenção é lavar as mãos com água e sabão frequentemente, em especial após tossir, espirrar ou até mesmo ir ao banheiro.

“Ótima opção é o álcool em gel. No início da doença, não existe diferença quanto aos sinais e sintomas de uma infecção pelo novo coronavírus em comparação com os demais vírus. Por isso, é importante ficar atento às áreas de transmissão local”, alertou o médico.

Casos suspeitos em aeronaves

A Anvisa é a responsável pelas primeiras medidas preventivas. Portanto, já solicitou à companhia aérea a lista de passageiros que estavam no mesmo voo do passageiro com resultado positivo para Coronavírus. O documento será encaminhado ao Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs) do Ministério da Saúde para investigação de outros passageiros do voo que tiveram contato com o caso suspeito.

Além disso, de acordo com informações divulgadas pela Anvisa, foi intensificado o monitoramento dos voos internacionais provenientes de países onde há casos confirmados da doença.

“A Anvisa tem várias orientações que devem ser seguidas por órgãos e trabalhadores que atuam em aeroportos e em aviões, no caso de detecção de algum caso suspeito do novo Coronavírus. Uma delas é a de que o comandante da aeronave comunique à autoridade sanitária se houver suspeita da doença no voo. Também é responsabilidade do comandante a adoção de medidas para isolar a pessoa dos demais viajantes”, evidenciou a Anvisa.

Simulado de atendimento nos portos

Na semana passada, a Portos do Paraná realizou um simulado de atendimento a tripulantes que apresentarem algum sintoma de Coronavírus. A ação foi realizada com profissionais da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), OGMO, 1.ª Regional de Saúde, SAMU e Hospital Regional do Litoral (HRL).

Foi aplicado o protocolo que começa com a notificação do paciente ao agente marítimo, passando pelo primeiro atendimento em bordo, remoção do tripulante para a ambulância e encaminhamento ao leito próprio para esse tipo de atendimento que já está preparado no HRL.

Com informações da Sesa e Anvisa

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.