conecte-se conosco

Ciência e Saúde

22 mil doses de vacina contra a gripe estão disponíveis para a população

Índice de vacinação dos grupos prioritários foi abaixo da média nacional em Paranaguá. Campanha foi aberta para toda a população

Publicado

em

Campanha de vacinação de público-alvo foi encerrada em 31 de maio e cobertura alcançada não chegou a 50% em Paranaguá

Na segunda-feira, 3, iniciou em todo o Brasil e em Paranaguá a campanha de vacinação contra a gripe estendida para toda a população. De acordo com a Prefeitura de Paranaguá, através da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), a fase de aplicação de vacinas contra a gripe (Influenza H1N1) para os grupos prioritários foi encerrada na sexta-feira, 31, e a cobertura alcançada chegou a menos de 50% em Paranaguá, índice insatisfatório semelhante ao ocorrido em outras cidades brasileiras, fazendo com que o Ministério da Saúde (MS) liberasse em todo o País as doses para pessoas de qualquer faixa etária. 

Segundo o município, do dia 1.º de abril até o fim da campanha, dados da Vigilância Epidemiológica apontaram que foram vacinadas 21.926 pessoas do público-alvo. “O número representa apenas 49,05% da meta estabelecida, de imunizar 44.698. Ou seja, sobraram 22.772 doses para aplicar, que agora podem servir para imunizar qualquer faixa etária ou de risco”, informa a assessoria. De acordo com o Ministério da Saúde, no Paraná a meta alcançada de vacinação do público-alvo foi de 80,21%. O número de pessoas que deveriam receber as doses no Estado era de cerca de 3,3 milhões, sendo que um pouco mais de 2,6 milhões se vacinaram.

“Crianças de seis meses a seis anos incompletos, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), doentes crônicos (hipertensos, diabéticos, portadores de HIV, pessoas em tratamento contra o câncer que estiverem fazendo quimioterapia ou radioterapia), professores do Ensino Fundamental e Médio, profissionais de saúde, indígenas e idosos com mais de 60 anos tiveram quase dois meses para se imunizar”, explica a Prefeitura de Paranaguá.

No Brasil, a meta alcançada do público-alvo vacinado foi de quase 80%, algo que representa 47,5 milhões de pessoas. “Os grupos prioritários tiveram entre os dias 10 de abril e 31 de maio para se vacinar com exclusividade”, explica o MS. Agora, a campanha foi ampliada para toda a população, bastando apenas que o paciente tenha mais de seis meses de idade para aplicação da vacina. Em Paranaguá, as doses podem ser tomadas em todas as 19 unidades de saúde do município, no horário entre 8h às 17h. Além disso, a unidade localizada na Avenida Gabriel de Lara disponibiliza as vacinas em horário estendido, das 18h às 23h. 

Doses podem ser tomadas em todas as 19 unidades de saúde do município, no horário entre 8h às 17h. Na unidade localizada na avenida Gabriel de Lara as vacinas estão disponíveis em horário estendido, das 18h às 23h

APELO DO PREFEITO E SECRETÁRIA PARA QUE TODOS SE VACINEM 

A secretária municipal de Saúde, Lígia Regina de Campos Cordeiro, afirmou que agora é a possibilidade de toda a população se prevenir contra a gripe. “Temos hoje uma situação preocupante, pois registramos dois óbitos em Paranaguá em decorrência dessa doença, temos 14 casos confirmados de Influenza, sendo 10 de H1N1, 1 do tipo B e 3 de Vírus Sincicial Respiratório (VSR). Agora toda a população tem a oportunidade de se proteger e pedimos para que as pessoas procurem as nossas 19 unidades básicas de Saúde”, informa.

O prefeito Marcelo Roque afirmou que o índice de vacinação da gripe dos grupos prioritários foi muito baixo, com campanha que aconteceu de forma ininterrupta pelo município do dia 1.º de abril até o dia 31 de maio. “Com a sobra de mais de 22 mil doses temos agora obrigação de distribuir essas doses para toda a população, já que se trata de dinheiro público. O Ministério da Saúde repassou essas vacinas para nós e chegamos a um índice de somente 49% dos grupos prioritários. Agora, esperamos atingir a meta de 90%, peço que nossa população procure nossas unidades e se vacine o quanto antes, pois isto é muito importante, tendo em vista a proximidade do inverno”, acrescenta, ressaltando que a gripe pode trazer complicações para idosos, portadores de doenças crônicas, crianças e até mesmo óbito. “Não queremos isso para a nossa população, por isso pedimos para que todos se vacinem”, afirma Roque.

GRUPOS PRIORITÁRIOS E ÍNDICE DE VACINAÇÃO

Segundo a Secretaria de Saúde, entre  os idosos a adesão da vacinação contra a gripe foi de 57,65%, com 7.337 doses aplicadas, sendo que deveriam ser 12.727. “Para as crianças a procura foi menor, com 45,10% apenas, com 5.551 imunizados entre os 12.308 que deveriam receber a dose.  As gestantes também registraram baixo índice de cobertura vacinal, com apenas 40,82%. Somente 660 das 1.617 que deveriam ser vacinadas procuraram as unidades. Trabalhadores de saúde somaram 1.737 (65,77% de 2.641), indígenas foram 73 (192% de 38). Pessoas com comorbidades foram 42,76% (6.457 de 15.101)”, finaliza a assessoria. 
 

Continuar lendo
Publicidade

Em alta

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.