conecte-se conosco

Agronegócio

Manejo Integrado de Pragas garante mais renda ao produtor

Além de contribuir com a preservação do meio ambiente e racionalizar o uso de agrotóxicos na cultura da soja, a técnica reduz o custo da produção e a intoxicação de agricultores.

Publicado

em

Os produtores rurais do Paraná que adotaram a tecnologia do Manejo Integrado de Pragas (MIP) reduziram em 50% as aplicações de inseticidas nas últimas seis safras. Além de contribuir com a preservação do meio ambiente e racionalizar o uso de agrotóxicos na cultura da soja, a técnica reduz o custo da produção e a intoxicação de agricultores, que são qualificados para a aplicação.

Enquanto muitos produtores adotaram, em média, quatro aplicações de inseticidas por ano, os integrantes do programa MIP fizeram apenas duas desde a safra 2013/2014. Com isso, foi possível postergar o tempo da primeira aplicação de 38 para 68 dias, em média, após o nascimento da planta. A ampliação desse período é importante, pois possibilita a preservação de alguns inimigos naturais das pragas.

A tecnologia de manejo integrado, desenvolvida pela Embrapa, é antiga, mas foi a partir da safra 2013/2014 que a Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento lançou a campanha Plante Seu Futuro. Com ela, aliou-se o conhecimento da pesquisa com a metodologia extensionista, usando-se em média 200 propriedades de referência por ano para reduzir o uso do agrotóxico e garantir mais segurança ao produtor.

Cada uma das unidades de referência é visitada pelos extensionistas durante todo o ciclo da cultura para monitoramento das populações de pragas e inimigos naturais. O trabalho de contagem é feito a partir da coleta em um tecido colocado sobre as plantas. O MIP permite que o agricultor e o técnico identifiquem o número de insetos por amostra, avaliem o nível de desfolha causado por eles e tenham parâmetros sólidos para decidir a melhor hora de aplicar o inseticida.

PROPRIEDADES ACOMPANHADAS

Durante as safras 2013/2014 a 2018/2019 foram acompanhadas 853 propriedades, em 126 municípios paranaenses, que adotaram o Manejo Integrado de Pragas em soja. “As aplicações de inseticida nas áreas MIP, em volume 50% menor e 30 dias após o usual no Paraná, garantem o uso racional e tecnicamente criterioso do agrotóxico, tornando-se uma boa prática possível de ser multiplicada para todos os produtores como estratégia de aumento na renda”, afirmou o diretor-técnico da Secretaria da Agricultura, Rubens Niederheitmann.

 

Fonte: AEN

Foto: Jonas Oliveira / Arquivo ANPR

 

Continuar lendo
Publicidade

Em alta

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.