Connect with us

ADI Paraná

Paraná estará no pacote de concessões federais

O governador Ratinho Júnior e comitiva são recebidos pelo ministro da Infraestrutura.

Publicado

em

PARANÁ ESTARÁ NO PACOTE DE CONCESSÕES FEDERAIS

Várias rodovias e aeroportos paranaenses devem entrar no programa nacional de concessões que o governo federal pretende apresentar nos próximos meses. A informação foi confirmada por integrantes do governo Ratinho Júnior durante agenda em Brasília nesta semana. Os detalhes de onde e quais terminais aeroviários e estradas podem ser concedidas para a iniciativa privada ainda não foram revelados, mas o relato é de que todo o estudo para embasar as licitações está bem adiantado. Ratinho esteve com uma comitiva do Paraná conversando com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, e com o secretário especial da Secretaria do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), Adalberto Santos de Vasconcelos, e saiu animado. Relatou que o Paraná tem hoje uma das mais modernas leis sobre PPPs e concessões do País, elaborada pela equipe do atual governo e aprovada ainda na legislatura passada.

PRESTIGIADO
O Paraná anda prestigiado pelo primeiro escalão federal. No primeiro mês de governo, dois ministros já estiveram no Estado, da Agricultura e do Meio Ambiente. Além disso, em Brasília, o governador Ratinho Júnior já teve agenda com presidente Jair Bolsonaro e com ministros da Infraestrutura, Educação e Saúde. Fevereiro começa no mesmo ritmo. Na próxima segunda-feira o governador retorna para a capital federal para uma série de compromissos.

NOVATOS NO LEGISLATIVO

Tomam posse nesta sexta-feira, 1.º, os 54 deputados estaduais e os 30 federais eleitos pelo Paraná no ano passado. O número de novatos é grande. Na Assembleia Legislativa do Paraná a renovação é de 40%, enquanto na bancada federal paranaense chega a 50%. Vale lembrar que no mesmo dia assumem os dois senadores eleitos pelo Estado e que, neste caso, a renovação foi de 100%.

O BREVE

Primeiro deputado estadual de Quedas do Iguaçu, Elcio Jaime da Luz ficou apenas 4 dias no cargo. Suplente de Alexandre Guimarães, que renunciou para assumir a subchefia da Casa Civil, Elcio teve uma passagem relâmpago na Assembleia Legislativa. Um pouco mais de tempo tiveram os suplentes do atual governador Ratinho Junior e do chefe da Casa Civil Guto Silva, respectivamente Luís Raimundo Corti, de São Jorge D’Oeste, e Chico da Princesa, que representa o Norte Pioneiro. Ambos assumiram os cargos por 30 dias, durante o período de recesso da Assembleia Legislativa.

MUDANÇAS CONSTITUCIONAIS

Duas mudanças constitucionais devem movimentar os primeiros dias da Assembleia Legislativa. O Estado quer o fim das aposentadorias de governadores. A medida valeria a partir do fim do mandato do governador Ratinho Júnior, sem impacto nos benefícios de governantes que já passaram pelo Palácio Iguaçu. Além disso, o governo vai pedir aos deputados que mudem o artigo da constituição estadual que impede que o Estado faça leilão de imóveis públicos. Em razão da burocracia atual, poucas áreas do Estado, mesmo que estejam sem uso, podem ser vendidas.

FOCO NO TURISMO

A primeira campanha publicitária do Governo do Estado terá como tema o turismo. A ideia é incentivar os paranaenses a conhecer as atrações do Estado, além de atrair visitantes de estados e países vizinhos. Outras ações estão sendo desenvolvidas, como a criação do portal e do aplicativo Viaje Paraná e a produção de conteúdos sobre turismo na TV Educativa.

FORMAÇÃO
Uma das mais conceituadas instituições de formação profissional do País, o Senai oferece 5 mil vagas para cursos técnicos no Paraná. De acordo com a instituição, uma qualificação neste nível pode ser suficiente para alcançar uma remuneração bastante elevada para os padrões nacionais. Nas áreas de eletromecânica, química e energia, por exemplo, o salário médio varia de R$ 7,2 mil a R$ 10 mil, de acordo com o tempo de experiência.

NOVO MÍNIMO

 O novo salário mínimo regional começa a valer a partir de 1.º de fevereiro O valor varia de R$ 1.306,80 a R$ 1.509,20, conforme a categoria profissional. É um dos maiores pisos do Brasil. O governo espera que o aumento do poder aquisitivo do trabalhador se reflita em mais vendas no comércio. Ou seja, que seja uma conta de “ganha-ganha”.

Foto: Alberto Ruy/MInfra

Da Redação ADI

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.