Connect with us

ADI Paraná

De olho no nióbio

Com isso, países europeus controlam o preço desse mineral raro.

Publicado

em

O deputado Evandro Roman (PSD-PR) lembra que esteve em setembro de 2017 na região da Cabeça do Cachorro no Amazonas junto com o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), entre outros parlamentares. "Em São Gabriel da Cachoeira, fronteira do Brasil com Colômbia e Venezuela, está a maior reserva de nióbio do planeta e pelo menos 20 ONGs estrangeiras estão lá, não para preservar a floresta, mas para evitar a exploração do nióbio. Com isso, países europeus controlam o preço desse mineral raro".

Novas linhas

A Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil lançaram novas linhas de financiamento habitacional. Os contratos da Caixa serão corrigidos pela inflação medida pelo IPCA que, segundo o presidente Pedro Guimarães, vai reduzir o custo do imóvel em até 40%. Já o Banco do Brasil diminui os juros quanto mais curto for o prazo. As operações de 60 meses terão taxa a partir de 7,99% ao ano mais a TR, que está zerada. Os financiamentos de 359 a 418 meses cobrarão juros a partir de 8,45% ao ano mais TR.

Promessa é dívida

O ministro Paulo Guedes (Economia) estima que o novo pacto federativo pode resultar no repasse de R$ 500 bilhões em 15 anos a estados e municípios. A proposta está em curso no Congresso Nacional junto com as reformas da previdência, tributária e política.

Superintendência

O deputado Ademar Traiano (PSDB), presidente da Assembleia Legislativa, vai liderar um movimento para a permanência da Superintendência da Receita Federal no Paraná. Nos planos do governo federal prevê a unificação do órgão na superintendência de Porto Alegre. Os deputados delegado Francischini (PSL), Professor Lemos (PT) e Hussein Bakri (PSD), líder do governo, lembraram que o Paraná já reivindica a instalação de um tribunal federal e que a proposta do governo é um retrocesso e desconsideração com a importância do Estado. 

Desjudicialização  

INSS, Ministério da Economia e Conselho Nacional de Justiça vão criar um comitê de desjudicialização para evitar as ações propostas contra o instituto de seguridade social. As decisões judiciais recorrentes vão nortear os pedidos de benefícios, de modo a evitar a necessidade de se acionar a Justiça. “Em última instância, [vamos] parar de brigar com o cidadão”, afirmou o presidente do INSS, Renato Vieira. Hoje, R$ 220 milhões por ano são gastos somente com perícias em processos judiciais ligados a benefícios previdenciários.

Autonomia nos gastos

A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados aprovou a PEC de autoria da deputada Luísa Canziani (PTB-PR) que garante a autonomia de gastos de recurso próprio para instituições federais de ensino superior. "As instituições precisam ser estimuladas à geração de recursos. Está na hora de repensarmos o financiamento do ensino superior e garantir sustentabilidade para nossas universidades e Ifes", disse Luísa.

Nova RG

Até o final de 2019, todas as prefeituras do Paraná poderão emitir a carteira de identidade. Além da foto, assinatura, filiação, cidade e data de nascimento, impressão digital, o novo RG traz tipo sanguíneo, fator RH, campo para observações (como alergias), e números do CPF, título de eleitor, CNH, PIS/Pasep, certificado militar e registros profissionais.

Nova frota

O ministro Luiz Henrique Mandetta (Saúde) garantiu ao prefeito de Perobal, Almir de Almeida (PSC) – presidente do Samu Noroeste, a renovação das 24 ambulâncias do serviço que atendem quatro regionais de saúde (Umuarama, Campo Mourão, Paranavaí e Cianorte). Em 60 dias, as ambulâncias devem ser entregues na região, estima o deputado Luiz Nishimori (PL-PR) que acompanhou o encontro do prefeito com o ministro.

Urgência

A Câmara dos Deputados aprovou o requerimento de urgência ao projeto que autoriza a posse de arma em toda a propriedade rural. A medida permite que proprietário ou gerente de uma fazenda, maior de 21 anos, possa comprar e andar armado na extensão rural da fazenda e não apenas na sede. “Nós que vivemos longe dos centros urbanos e do acesso à polícia, precisamos da extensão da posse por toda a propriedade. O produtor rural precisa defender a propriedade e a família”, disse o deputado Pedro Lupion (DEM-PR).

No vermelho

Os avicultores estão com as contas no vermelho, aponta levantamento da Faep, entre os meses de maio e agosto, nas quatro principais regiões produtoras do Paraná: Campos Gerais, Norte, Oeste e Sudoeste. “Vimos que todos os aviários estão trabalhando com prejuízo considerando o longo prazo. Mesmo naqueles em que os custos operacionais são cobertos, isso permite pensar apenas na viabilidade a médio prazo, pois em uma análise com um prazo maior o capital está sendo corroído”, alerta o economista Ademir Francisco Girotto.

Da Redação ADI-PR Curitiba

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br  

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.