conecte-se conosco

Valmir Gomes

O famoso quem

Quase não acreditei quando li a manchete…

Publicado

em

Quase não acreditei quando li a manchete da Tribuna do Paraná: Umberto Louzer é o novo técnico do Coritiba. Quem é Umberto? Gente, somente o Rodrigo Pastana diretor remunerado do Coritiba conhece o Umberto. Andou pelo Paulista de Jundiaí e posteriormente o Guarani de Campinas, agora treinava o Vila Nova de Goiás. Deve ser o Einstein do futebol. Novo sem títulos e com um agravante abandonou o Vila Nova na calada da noite. Novo por novo ficaria com o Mateus, é da casa, conhece o grupo e já possui no curriculum um acesso à primeira divisão. No futebol do Coritiba tudo pode acontecer até a chegada do desconhecido Umberto.

 

RÁDIO ILHA DO MEL, UM VELHO SONHO

Desde o tempo que a Rádio Ilha do Mel era do presidente do Tribunal de Contas Nestor Baptista, escutava a 90.3 fazendo um churrasco na minha casa, balneário Grajaú, aos domingos. Tinha um programa de música popular brasileira de primeira linha com um som espetacular. O tempo passou e o Dr. Linhares com sua competência administrativa e seu carisma, tornou a Rádio Ilha do Mel uma referência de Paranaguá e todo litoral do Paraná, bem como litoral catarinense e paulista. No esporte, Valdir Braz me convidou para participar da sua qualificada equipe. Agora, a partir de março vou ter comentários diários na programação da Ilha, pela manhã à tarde e no programa esportivo. Um sonho que se transformou em realidade. Agradeço ao Dr. Linhares, ao Flávio Petruy e ao Roni Peterson pelo carinho e confiança. Prometo parceria e trabalho.

 

CURITIBA ALAGADA

Vivo em Curitiba há quase seis décadas, quando aqui cheguei em 1962, a cidade era uma vila iluminada, aliás, pouco iluminada, porque faltava luz até no centro da cidade. Daí veio Nei Braga e com ele a fundação da Copel, com ela a luz. Depois, veio Ivo Arzua um senhor político, Jaime Lerner o cara que modernizou a cidade, e tantos outros. Até chegarmos ao atual prefeito Greca, o político metido a humorista com suas frases de efeito. Para Greca, a cidade de Curitiba é um quintal da sua chácara, com tudo funcionando perfeitamente. Ele até tem boa intenção, porém, fica longe do Lerner, por exemplo, questão de capacidade, nada mais do que isto. Quem ouve Greca falar pensa que Curitiba é um mar de rosas: ledo engano. Bastou uma chuva de verão em pleno verão, para a exemplar Curitiba virar um caos. A badalada Curitiba virou um rio, fruto da carência administrativa dos últimos mandatos. Prefeitos sem capacidade, povo sem educação, cidade alagada.

 

 

Continuar lendo
Publicidade