Logotipo

Conheça a diferença entre visto e passaporte para viagens

16 de maio de 2017

Brasileiros podem entrar em mais de 100 países sem visto

Compartilhe

Quem está acostumado a viajar ao exterior conhece bem a diferença entre visto e passaporte, mas muitas pessoas que pretendem fazer a primeira viagem internacional ainda possuem dúvidas. O passaporte é um documento emitido pela Polícia Federal que todo brasileiro tem direito, uma espécie de RG internacional. Já o visto é a autorização que um determinado País dá aos cidadãos estrangeiros para que possam visitá-los.

Quem já viajou aos Estados Unidos sabe que uma das principais dores de cabeça quando o brasileiro decide conhecer o País é o visto. Entrevista no consulado, expectativa para saber se será aceito ou não, além de outros detalhes. Estes são alguns problemas que os turistas não enfrentam se o destino escolhido for os países que dispensam visto. Algumas destas nações não só aceitam a entrada de turistas brasileiros sem o visto no passaporte, como também permitem que o turista estude sem aviso prévio, desde que a viagem não se prolongue por mais de 90 dias.

PASSAPORTE
É a primeira etapa para quem quer sair do Brasil. Os interessados devem ir à Polícia Federal com a documentação necessária para tirar o passaporte. Neste documento que o visto será emitido, por isso esta etapa é necessária ser feita anteriormente ao visto. Vale lembrar que o passaporte tem validade de cinco anos.

VISTO
Nem todas as nações exigem o visto para brasileiros, muitas só solicitam o passaporte. O visto deve ser emitido na Embaixada do País de destino com o passaporte em mãos. Eles são temporários, sempre com prazo de validade e há diversos tipos de vistos, desde os de turismo, trabalho até estudos. Dependerá do tipo de viagem que será feita para solicitar o que é mais apropriado.

Países que não necessitam de visto para brasileiros


Basicamente, os países vizinhos do Brasil exigem apenas o documento de identidade dos viajantes, devido a acordos diplomáticos como o Mercosul. Ao todo, são 9 destinos: Argentina, Paraguai, Uruguai, Chile, Bolívia, Colômbia, Equador, Peru e Venezuela. Na Guiana Francesa e no Suriname são necessários visto e passaporte.

Mas, antes de fazer as malas, saiba que, segundo o Itamaraty, o RG precisa antes de mais nada estar em bom estado de conservação, ter até 10 anos de emissão, o que significa que a fotografia está em dia. Caso a sua aparência física tenha mudado muito, mesmo que seja nos últimos cinco anos, é recomendável atualizar seu documento para evitar futuros problemas de identificação. Não adianta tentar trocar pela carteira de habilitação, porque não é aceita.

 

Confira a lista de países em que os brasileiros podem entrar sem visto:

África do Sul
Albânia
Alemanha 
Andorra
Antígua e Barbuda
Argentina
Armênia
Áustria
Bahamas
Barbados
Belarus/Bielorrússia
Bélgica
Bolívia
Bósnia e Herzegovina
Botsuana
Bulgária
Cazaquistão
Chile
Chipre
Cingapura
Colômbia
Coreia do Sul
Costa Rica
Croácia
Dinamarca
Dominica
El Salvador
Equador
Eslováquia
Eslovênia
Espanha
Estônia
Filipinas
Finlândia
França
Geórgia
Grã-Bretanha
Granada
Grécia
Guatemala
Guiana
Haiti
Holanda
Honduras
Hong Kong
Hungria
Ilhas Fiji
Ilhas Maldivas
Ilhas Seychelles
Ilhas Tuvalu
Irlanda
Islândia
Israel
Itália
Jamaica
Letônia
Liechtenstein
Lituânia
Luxemburgo
Macau
Macedônia
Malásia
Malta
Marrocos
México
Micronésia
Mônaco
Mongólia 
Montenegro
Namíbia
Nauru
Nicarágua
Noruega 
Nova Zelândia 
Palestina
Panamá
Paraguai
Peru
Polônia
Portugal
República do Palau
República Tcheca
Romênia
Rússia 
Samoa 
San Marino
Santa Lúcia
São Cristóvão e Nevis
São Martinho
São Vicente e Granadinas
Sérvia
Suécia
Suíça
Suriname
Tailândia 
Tonga
Trinidad e Tobago
Tunísia
Turquia
Ucrânia 
Uruguai 
Vaticano
Venezuela 

Colunistas