Connect with us

Trânsito

Proprietários de veículos começam o ano pagando o imposto

Datas do pagamento são associadas ao final da placa do veículo

Publicado

em

A partir da última semana deste mês (23 de janeiro) têm início as datas finais para o pagamento da cota única ou da primeira parcela do parcelamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) 2017 para os donos de veículos emplacados no Paraná. Neste ano, quem pagar à vista, ganhará desconto de 3%. A estimativa do Governo Estadual é que a arrecadação seja de R$ 3,38 bilhões, ou seja, 5% maior que a previsão de arrecadação em 2016, que foi R$ 3,22 bilhões.

De acordo com a Agência de Notícias do Estado do Paraná, os boletos já começaram a chegar às casas dos contribuintes. Mas se por algum motivo a entrega não for feita os proprietários de automóveis poderão se dirigir ao bancos credenciados (Banco do Brasil, Bancoob, Bradesco, Itaú e Sicredi) e  usando somente o número do Renavam efetuar o pagamento devido. Outra opção é baixar a Guia de Recolhimento do Estado do Paraná que está disponível no site www.fazenda.pr.gov.br.

 

ALÍQUOTA
A maior parte da frota terá alíquota de 3,5%. Ônibus, caminhões, veículos de carga, de aluguel ou que usam gás GNV pagam 1%. Há imunidade para veículos de propriedade da União, Estados e Municípios e isenção para táxi, ônibus de transporte urbano, para deficientes, destinados ao transporte escolar e os que foram fabricados há mais de 20 anos (antes de 1997).

 

APRENDA A CALCULAR

O cálculo do imposto é feito com base no valor de venda do veículo, descrito na tabela da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE). Para calcular, é preciso aplicar a alíquota sobre o valor de venda, como no exemplo abaixo: Valor de venda do veículo: (exemplo: R$ 20 mil). Alíquota: 3,5%
Cálculo: 20.000 x 3,5 (R$ 70O é o valor que será cobrado no IPVA).

 

FINALIDADE DO DINHEIRO

Um questionamento comum feito pelas pessoas é saber para onde se destina o dinheiro do IPVA. Na prática, impostos não possuem vinculação com o destino das verbas, ao contrário de taxas e contribuições de melhorias. Embora a lei obrigue os governos a destinarem parcelas mínimas da arrecadação a determinados serviços públicos, em especial à educação e à saúde, o pagamento de impostos não confere ao contribuinte qualquer garantia de contraprestação de serviços. Sendo assim, o estado e as cidades não têm a obrigação de destinar o valor arrecadado no IPVA para nenhum fim específico, nem mesmo manutenção das vias.

 

Tabela de vencimentos:

Cota única e 1.ª parcela

Finais de placa e data:
1 e 2 – 23 de janeiro 
3 e 4 – 24 de janeiro
5 e 6 – 25 de janeiro
7 e 8 – 26 de janeiro
9 e 0- 27 de janeiro

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.