conecte-se conosco

Ano Novo

Todo cuidado é pouco com fogos de artifício no Ano-Novo

Caso ocorra um acidente, o cidadão deve acionar o Corpo de Bombeiros pelo telefone 193 (Foto: Divulgação)

Publicado

em

Corpo de Bombeiros alerta para risco de queimaduras, perda de membros e compra de produtos certificados

Apesar de fazerem parte de todo Réveillon e deixarem os céus coloridos em celebração ao ano que se inicia, os fogos de artifício são também um risco contínuo à integridade física e vida dos cidadãos. O comandante do 8.º Grupamento do Corpo de Bombeiros do Litoral do Paraná, major Jonas Emmanuel Benghi Pinto, alertou quanto ao risco contínuo de queimaduras na soltura desses itens, bem como da necessidade de atenção contínua e da compra de produtos vistoriados apenas em locais autorizados.

De acordo com o major, a questão dos fogos é um dos principais focos de acidentes no Ano-Novo. "É importante nesta questão sempre adquirir fogos de artifício de uma marca idônea com certificação, seguindo as instruções da embalagem para que não tenha acidente com perda de membros e queimaduras. A pessoa deve adquirir de uma loja homologada, credenciada para isso, recebendo as instruções do vendedor caso ele esteja certificado disso", explica.

"Fogos de artifício são explosivos, por isso obviamente é necessário cuidado, assim como temos na questão do gás de cozinha, com álcool, querosene, que são substâncias explosivas e inflamáveis", complementa o comandante do 8.º GB.

COMO AGIR EM CASO DE ACIDENTE

"Se o acidente ou queimadura acontecer, obviamente a pessoa sempre deve ter assistência de um Pronto Socorro. O que a pessoa não pode fazer de imediato são aquelas soluções mirabolantes colocando pasta de dente, azeite, enfim. Se for o caso, é necessário colocar um pano umedecido limpo, procurando um Pronto Socorro rapidamente, ou chamando o SAMU pelo telefone 192 ou o Corpo de Bombeiros pelo 193, caso a situação seja bastante grave, pois assim daremos todos o suporte", explica.

 

Continuar lendo
Publicidade