Logotipo

Taxistas foram alvo de assaltos no fim de semana

09 de setembro de 2019

Dois táxis, roubados durante as ações criminosas, foram localizados pela polícia. Os veículos estavam abandonados em estradas de chão, na região de Alexandra e Embocuí

Compartilhe

Quatro taxistas foram vítimas de ações criminosas no fim de semana em Paranaguá. Duas abordagens começaram em corridas solicitadas, na rodoviária, a terceira, na região da Vila São Jorge e a quarta, no ponto da Praça Portugal. Dois veículos levados pelos assaltantes foram recuperados horas depois pela polícia. Um taxista foi ferido na cabeça, por uma coronhada. Duas vítimas foram amarradas e tiveram pertences levados.

 

PRIMEIRO ROUBO

Por volta das 18h, de sexta-feira, 6, um taxista que estava no ponto da rodoviária foi solicitado por três indivíduos, para fazer uma corrida. Os passageiros pediram para o motorista seguir pela Avenida Belmiro Sebastião Marques e ao passar pela região da Vila Divineia, nas proximidades de uma panificadora, anunciaram o assalto. 
Um dos homens, portando uma arma de fogo, mandou o taxista parar o veículo e descer. O trio fugiu levando o táxi, certa quantia em dinheiro, dois celulares, uma máquina de cartão e os documentos do veículo.
De acordo com o taxista, os assaltantes fugiram na direção do bairro Porto Seguro.
Acionadas, equipes da Polícia Militar cercaram a região, mas não localizaram o grupo.

 

SEGUNDO ROUBO

Por volta de 1h30, na madrugada do sábado, 7, outro taxista vítima de roubo acionou a Polícia Militar. O homem, de 47 anos, relatou que estava na rodoviária, quando foi solicitado por um indivíduo de estatura baixa para realizar uma corrida.
Quando trafegavam pela Avenida Bento Munhoz da Rocha Neto, nas proximidades do Aeroparque, o passageiro pediu para o taxista parar o veículo e pegar dois amigos. Logo em seguida, eles seguiram para o bairro Alexandra.
Ainda de acordo com o taxista, um pouco antes de entrar no bairro destino da corrida, os dois passageiros que estavam no banco de trás tentaram imobilizá-lo aplicando uma gravata. Neste momento, o assalto foi anunciado. Um dos indivíduos portando uma arma de fogo rendeu o taxista que foi retirado do veículo e amarrado.
O profissional do volante foi colocado no porta-malas do táxi, enquanto os assaltantes tentavam sair com o automóvel.

 

DISPOSITIVO

Por conta de um dispositivo de segurança, os criminosos não conseguiram ligar o veículo e tiveram que retirar o taxista do porta-malas, onde estava preso. Enquanto tentava destravar o equipamento, o motorista foi agredido com uma coronhada na cabeça.
Aproveitando um momento de distração, o taxista entrou em luta corporal com um dos assaltantes e, logo em seguida, fugiu correndo.
O trio entrou no táxi e deixou o local, em alta velocidade.
Além do veículo, os criminosos roubaram um aparelho celular, certa quantia em dinheiro e documentos.
Viaturas fizeram patrulhamento pela região, mas o veículo não foi localizado.

 

TERCEIRO ROUBO

A terceira ocorrência atendida pela Polícia Militar envolvendo taxistas foi registrada também na madrugada de sábado, 7, por volta das 3h, na Avenida Ayrton Senna da Silva, região da Vila São Jorge.
No local, em contato com o solicitante, ele relatou que fazia uma corrida, para um homem de pele clara, com cavanhaque, que usava camiseta azul e calça clara, quando foi obrigado a parar o veículo, na frente de uma empresa instalada na região. Armado com uma faca, o indivíduo anunciou o assalto e roubou um aparelho celular e certa quantia em dinheiro. O suspeito fugiu logo em seguida.
Viaturas intensificaram o patrulhamento pela região, mas não localizaram o suspeito.

 

QUARTO ROUBO

A quarta ação criminosa contra taxistas foi registrada no começo da madrugada de segunda-feira, 9, no Jardim Guaraituba.
O profissional do volante foi solicitado por dois homens, no ponto da Praça Portugal, para fazer uma corrida até o cemitério da Vila São Vicente. Ao chegar ao local indicado, o passageiro que estava sentado no banco da frente sacou uma arma e encostou na barriga do taxista e mandou ele ficar quieto. Neste momento, o comparsa amarrou a vítima e a colocou no banco traseiro, assumindo a direção.
A dupla deixou o local e foi até a Rua Xingu, no Jardim Guaraituba, onde pegou todo o dinheiro que estava com o taxista e um aparelho celular. Os dois assaltantes fugiram a pé.
Após ter certeza de que os dois assaltantes tinham fugido, o taxista conseguiu se soltar e acionar a Polícia Militar.
Patrulhamento foi intensificado na região, mas os suspeitos não foram localizados.

 

VEÍCULOS RECUPERADOS

Na manhã de sábado, 7, os dois táxis roubados na madrugada, um Chevrolet Prisma e uma VW Space Fox, foram localizados.
O Prisma estava abandonado, com as chaves na ignição, em uma estrada rural, do bairro de Alexandra. A Space Fox foi localizada, também abandonada, na região do Embocuí, nas proximidades do antigo lixão.


 


Colunistas