conecte-se conosco

Polícia

Mulher acusada de agredir criança de três anos é presa com tablete de maconha em Pontal do Paraná

Acusada de agredir a criança, de apenas 3 anos, a mãe, uma mulher de 22 anos, foi presa. Na casa da família, a Polícia Militar encontrou um tablete de maconha

Publicado

em

Uma mulher de 22 anos, acusada de agredir uma criança de três anos com pontapés, socos e utilizar um pedaço de cabo de energia nas agressões, foi presa pela Polícia Militar na manhã do dia 24, por volta das 9h30, na casa onde a família mora, no balneário de Pontal do Sul, em Pontal do Paraná.

De acordo com a corporação, uma viatura da RPA – Rádio Patrulha Auto, do 9.º Batalhão de Polícia Militar realizava patrulhamento de rotina pelo balneário, quando foi abordada por um popular que relatou ter presenciado a mulher agredindo a criança com o cabo de energia. A testemunha disse que a mãe agrediu a criança com tapas e chutes, e que a menor estava com vários hematomas pelo corpo.

Imediatamente, a equipe foi até o endereço indicado e constatou o fato. A criança apresentava machucados pelo corpo, provenientes das agressões. Em contato com o plantão da Polícia Civil, os policiais descobriram que um boletim de ocorrência, tinha sido confeccionado momentos antes relatando o fato e ainda, indicando que na casa da família estava ocorrendo o tráfico de entorpecentes.

A criança foi retirada do local e a equipe fez buscas no imóvel, localizando na parte externa da casa, enterrado no quintal um tablete de maconha. Foram apreendidas ainda uma balança de precisão e certa quantia em dinheiro, proveniente da venda do entorpecente.

Diante da situação, a mulher de 22 anos, que não teve o nome divulgado, recebeu voz de prisão e foi encaminhada para a Delegacia da Polícia Civil de Pontal do Paraná, onde as medidas cabíveis foram adotadas.

A criança foi entregue aos cuidados da tia, com o acompanhamento do Conselho Tutelar.

Continuar lendo
Publicidade

Em alta