Connect with us

Paróquia São João Batista

Ignorar a Escritura é ignorar a Cristo (São Jerônimo)

Em Setembro, celebramos o mês da Bíblia.

Publicado

em

Olá caríssimo leitor e caríssima leitora do Jornal Folha do Litoral News.

Minha saudação e prece por você e por sua família!

Em Setembro, celebramos o mês da Bíblia. A Palavra de Deus experimentada na vida do Povo Hebreu e Cristão. Serve como luz para nos iluminar e guiar nos caminhos do Senhor, para aprender a viver como filhos e filhas de Deus e para vida de oração.

A Bíblia é a Palavra de Deus. É o retrato da experiência de um povo que foi tocado pelo próprio Deus. Em dois testamentos, a Bíblia mostra a vida de fé do seu povo, no Primeiro, a história do Povo hebreu contada em 46 livros que são o Pentateuco (5); Históricos (16); Sapienciais (7); Proféticos (18).

Este povo tem como pai da fé Abraão. Com ele é que a religião judaica tem sua origem, depois com seu filho Isaac e seu neto Jacó. Com esta família Deus quis iniciar a história do seu povo.

Os filhos de Jacó foram para o Egito, entre eles o mais novo, José, ajudou o Faraó no Governo. Este povo foi crescendo, crescendo e se tornou tão numeroso e ficou escravo no Egito. Neste mesmo país e contexto, um grande líder foi preparado para libertar da realidade de escravidão. O nome do libertador era Moisés.

Da Terra do Egito, passando pelo deserto, o povo foi para Israel. Foi liderado por Moisés, Josué e pelos juízes. Tornou-se uma nação. Teve até reis no seu comando. Mas por causa do pecado, de se desviar de Deus, outra experiência dolorida o povo passou, ficou exilado na Babilônia. Neste contexto, foi importantíssima a missão dos profetas, para manter viva a fé do povo em Deus.

Além de escravo no Egito e exilado na Babilônia, o povo hebreu viveu outras experiências de dominação. No tempo de Jesus mesmo, o domínio era dos romanos. Foi neste contexto que Cristo nasceu e a Igreja cristã católica também.

O Segundo Testamento retrata a história de Jesus, dos seus apóstolos e das primeiras comunidades cristãs, com o 4 evangelhos, Atos dos Apóstolos, 21 cartas – 14 de Paulo e 7 de outros apóstolos – e o Livro do Apocalipse.

A história do Povo de Deus não termina no livro do Apocalipse. Continua com os seguidores de Jesus Cristo, em suas comunidades. Para liderar tais comunidades, o próprio Jesus deixou seus apóstolos. Com eles, seus discípulos e discípulas foram crescendo até estarem presentes em todo o mundo hoje.

A verdade é que a Palavra de Deus continua em cada pessoa que o acolhe com a fé, a esperança e, sobretudo com a caridade. Em nossos corações Ele inscreve a sua Palavra de vida eterna. Louvado seja Deus pela Bíblia, com o ela o ser humano sempre tem uma palavra.

Pe. Eliel

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.