Connect with us

Infraestrutura

Terminal paranaense é o melhor do País, revela estudo

Infraestrutura e atendimento se destacaram nos índices com as melhores notas

Publicado

em

Pesquisa encomendada pela Assembleia Legislativa do Paraná, com o objetivo de colher informações quanto aos serviços oferecidos pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina, gerou resultados importantes. Entre os dados levantados, a aprovação do Porto fica claramente evidenciada pelos entrevistados que participaram da pesquisa como caminhoneiros, exportadores, operadores, sindicatos, práticos e comunidade. O Instituto de Pesquisa Opinião aplicou as entrevistas durante 20 dias com mais de 700 usuários em Paranaguá e Curitiba.

APROVAÇÃO COMPROVADA

Entre os exportadores que responderam a pesquisa, 85,71% disseram que as mudanças implementadas melhoraram a produtividade para as operações de exportação das suas empresas. Sendo 0 a nota mínima e 5 a nota máxima, 100% dos exportadores deram nota 4 para o Porto de Paranaguá e 100% deles disseram que a infraestrutura do terminal melhorou, se comparada à que existia há cinco anos. Assim como a metodologia e programação dos navios, o atendimento pelos diretores e quanto à limpeza e gerenciamento de resíduos.

 

 

Entre os exportadores, foram entrevistados integrantes da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), Federação da Agricultura do Estado do Paraná (Faep), Organização das Cooperativas do Paraná (Ocepar), Federação das Associações Comerciais e Empresarias do Paraná (Faciap), Associação Comercial do Paraná (ACP), Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (Fecomércio) e Federação das Empresas de Transporte de Cargas do Estado do Paraná (Fetranspar).

Este público foi um dos que mais bem avaliaram a estrutura e o atendimento do Porto de Paranaguá, com 75% das opiniões, bem acima daquele que é considerado o maior porto do Brasil, o de Santos, com 25%. A média de notas para a estrutura foi de 4, sendo a nota mínima 0 e a máxima 5.

SINDICATOS

Já 75% dos trabalhadores filiados aos Sindicatos entrevistados disseram que as mudanças implementadas no Porto melhoraram as operações e os ganhos dos Sindicatos. A nota média (entre 0 e 5), concedida para a infraestrutura do Porto de Paranaguá pelos Sindicatos foi 4,25 e, se comparada a infraestrutura atual com a existente há cinco anos, 75% dos entrevistados acredita que melhorou.

 


Melhor benefício do porto a Paranaguá é a geração de emprego e renda, segundo entrevistados da pesquisa (foto: Appa/Ivan Bueno)

 

O Instituto Opinião Pesquisa entrevistou representantes do Sindicato dos Estivadores de Paranaguá, Sindicato dos Arrumadores de Paranaguá, Sindicato dos Conferentes de Carga e Descarga dos Portos do Paraná e Sindicato dos Vigias de Paranaguá.

MELHOR INFRAESTRUTURA

Todos os 23 operadores entrevistados – ou seja, 100% – acreditam que as mudanças implementadas no Porto melhoraram as suas operações em Paranaguá. Para 95,24% dos operadores, a infraestrutura de Paranaguá atualmente é melhor que a existente há cinco anos. Os operadores portuários citaram o porto como o que possui melhor estrutura e atendimento (91,67%).

Vale ressaltar, ainda, a avaliação feita com base na relação do operador com outros portos. O Porto de Paranaguá foi citado como o melhor para o segmento dos entrevistados que tem relação com outros terminais (83,33%), ficando à frente da Holanda, na Europa, e Santos, mencionados, cada um, por 8,33%.

Os resultados mostram, ainda, a prioridade que os operadores têm pela cidade, pois 15,79% disseram trabalhar apenas com este em detrimento de outros locais. Quanto à dragagem do porto, entre os operadores a média das notas foi 3,99%. Assim como os exportadores, os operadores destacaram os fatores positivos que fizeram com que o porto melhorasse nos últimos cinco anos e atingisse a preferência dos usuários como o cais e a acostagem, os equipamentos e a limpeza e gerenciamento de resíduos.

Responderam a pesquisa as empresas PASA, Klabin, Cargill, Coamo, Bunge, Cotriguaçu, Rocha, Martini Meat, Harbor, Gransol, TKX, Cattalini, Agência Marítima Cargonave, Transgolf, Petrobrás, AGTL, Terminal de Contêineres de Paranaguá (TCP), União Vopak, Associação dos Terminais do Corredor de Exportação (ATXP) e Associação dos Operadores Portuários do Corredor de Exportação (AOCEP).

PRÁTICOS

Para os Práticos entrevistados, os questionamentos foram voltados à sua área de atuação. Ao todo, 100% atribuíram nota quatro (de 0 a 5) à infraestrutura do Porto e 100% acreditam que a infraestrutura melhorou.

CAMINHONEIROS E COMUNIDADE

Entre os 300 motoristas de caminhão entrevistados no Porto de Paranaguá, 53,67% disseram que a infraestrutura está melhor que a existente há cinco anos. Os resultados mostraram que se o caminhoneiro pudesse escolher um destino em todo o País, 47% escolheria Paranaguá para realizar a carga ou descarga.

 


Resultados mostraram que se o caminhoneiro pudesse escolher um destino em todo o País, 47% escolheria Paranaguá para realizar a carga ou descarga (foto: Appa/Ivan Bueno)

 

Dos moradores em Paranaguá entrevistados, 76,81% conhecem o Porto e 58,10% têm orgulho do Porto de Paranaguá. A atual gestão foi avaliada como boa por 43,14% e 73,57% acreditam que é por meio do Porto que a cidade consegue atrair mais investimentos. Além disso, a comunidade também opinou sobre a presença do porto na cidade. Segundo os entrevistados, caso não existisse o porto na cidade, 48,63% acredita que “seria o caos, pois Paranaguá precisa do Porto” e 40,65% acreditam que seria “pior aos parnanguaras”.

 

 

Foto de capa: Ivan Bueno

Continuar lendo