Logotipo

Pasa bate recorde de carregamento de açúcar em um único navio em Paranaguá

01 de junho de 2019

Capacidade estática da Pasa é de 239 mil toneladas. Açúcar embarcado no navio Caravos Glory é totalmente produzido no Paraná (Fotos: Pasa)

Compartilhe

Plano de carga da embarcação Caravos Glory é receber quantia de 58.175 toneladas de açúcar totalmente produzida por agricultores do Paraná

Nesta semana, a Paraná Operações Portuárias S.A. (Pasa) bateu o recorde de carregamento de açúcar em um único navio no Porto de Paranaguá. A empresa, cujo diretor é Pérsio Souza de Assis, é o primeiro terminal especializado no embarque de açúcar a granel no sul do Brasil, possuindo  foco na produção de usinas paranaenses e na logística ágil. O terminal informou que o navio Caravos Glory, de bandeira das Ilhas Marshall, atracou nos Portos do Paraná na quarta-feira, 29, e conta com um plano de carga para recebimento de 58.175 toneladas, carregamento que está sendo executado pela empresa, volume recorde de açúcar a granel VHP carregado pela Pasa em uma única embarcação.

 

Segundo a Pasa, em média, o carregamento de açúcar por navio é de 40 a 45 mil toneladas, porém este carregamento do navio Caravos Glory é o primeiro do porte de mais de 58 mil toneladas de açúcar carregadas pelo terminal. “Isso demonstra que a estrutura está preparada para uma operação deste porte, tanto é que não precisamos tomar nenhuma iniciativa excepcional para viabilizar esta operação, pois nossa capacidade estática permitiu comportar todo este volume de carga, o qual, inclusive, está sendo carregado pelo modal ferroviário”, explica a empresa. A Pasa possui uma capacidade estática de 239 mil toneladas e toda a carga enviada para o navio Caravos Glory estava condicionada nos armazéns próprios da empresa, o que proporciona vantagem competitiva, agilidade no embarque e menos impacto urbano em Paranaguá.

Ainda de acordo com a empresa, a atuação da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (APPA) atualmente e nos últimos anos dá suporte para a atuação da Pasa e todo o setor portuário privado, com manutenção da dragagem, bem como reforço da infraestrutura geral e de acostagem do cais. “O Porto de Paranaguá está sendo protagonista no Brasil e no exterior, que alcança a posição de líder no País. O trabalho dos anos anteriores em investimento e atualização está sendo colhido agora em bons frutos”, destaca a Pasa, ressaltando que seguirá investindo em Paranaguá, com foco no recebimento de mais carga gradativamente, superando barreiras e beneficiando a agricultura paranaense e a economia local e brasileira. O açúcar que está sendo carregado no navio das Ilhas Marshall será destinado para consumo no exterior.

Pasa é o primeiro terminal especializado no embarque de açúcar a granel no sul do Brasil, possuindo  foco na produção de usinas paranaenses e na logística ágil (Foto: Pasa/Divulgação)

Colunistas