conecte-se conosco

Ano Novo

Handebol parnanguara teve um 2019 de conquistas

Coordenador e técnico da AHPA, professor Moacir Lincoln, fala das conquistas e desafios.

Publicado

em

Este foi um ano positivo para a Associação de Handebol de Paranaguá (AHPA), com a conquista de vários títulos a nível estadual, além do vice-campeonato no Circuito Brasileiro de Beach Handebol, feito inédito de uma equipe litorânea paranaense.  

Para falar destas conquistas e dos trabalhos que estão sendo realizados, conversamos com o coordenador e técnico da AHPA/Sespor/Paranaguá, professor Moacir Lincoln Vieira de Moura.

“Esse foi um dos melhores anos do handebol parnanguara. Esta foi uma semente plantada em 1995, quando da minha primeira passagem por Paranaguá, que nesta primeira etapa foi até o ano de 2005. Neste período, cuidei, reguei e graças a Deus deu frutos. Logo após me desligar, no ano de 2007, foi formada a Associação de Handebol de Paranaguá, trabalharam e foram tendo conquistas. O handebol de areia que iniciamos em 1995 a participar do Campeonato Paranaense, em 1996, eu como técnico e o Miola como atleta, fomos representar o Paraná em um brasileiro de seleções em Cabo Frio no Rio de Janeiro, onde fomos campeões, e posso citar que esse foi o começo do handebol de areia aqui em Paranaguá. E podemos afirmar com certeza que o ano de 2019 foi coroado de êxito, e é claro que não veio a estrela dourada que tantos almejamos, mas conseguimos a prata. Mas foi por detalhes, no último jogo que deixamos de trazer este título para a cidade de Paranaguá. Acredito que esta conquista foi uma construção de todo este tempo que o esporte vem sendo trabalhado no município de Paranaguá”, externa Lincoln.

O professor conta que mesmo não estando atuando em Paranaguá, participou de várias competições com as equipes. “Fui para várias competições colaborando com a AHPA, e fomos várias vezes campeões dos abertos fase final no handebol de areia no masculino e feminino. O que parece dentro de competição no Paraná é que a AHPA/Sespor/Paranaguá é a equipe a ser batida”, completa.

Quanto aos planos para 2020 e a formação de atletas professor Lincoln tem uma boa expectativa. “Em 2019 nós fechamos para o handebol de areia no Campeonato Brasileiro uma parceria com uma universidade da Paraíba, contando com cinco atletas deles, na etapa final. Esta parceria, graças a Deus, foi muito boa, com pessoas prestativas com nossos atletas, pois possuem, como falamos no meio, mais rodagem do que nós. E quem quis e soube aproveitar tinha onde absorver muito handebol. E queremos ver se para 2020 podemos manter e estender para o feminino também. Seria uma parceria nos dois naipes, masculino e feminino, para o Campeonato Brasileiro. A nível estadual, estamos conversando com alguns atletas que podem colaborar conosco nas competições, que iniciam já nos dias 11 e 12 de janeiro com a primeira etapa do Campeonato Paranaense de Handebol de Areia, em Caiobá. E falando na base, fomos vice-campeões dos Jogos da Juventude no handebol de Areia no masculino, também perdendo por detalhes, em um jogo disputadíssimo. Participamos do sub-15 em Curitiba, quando ficamos com o quarto lugar. Quando falamos de base, sabemos que é um trabalho a ser realizado a longo prazo, para se ter um resultado bom, no mínimo são dois anos de trabalho. Então, a partir de março deste ano, assumimos os treinamentos e estamos em um recomeço. Nossa perspectiva para 2020, é continuar o trabalho que estamos realizando e, começar as competições entre estes polos, para depois falarmos em região e Estado”, comenta o técnico, aproveitando a oportunidade para fazer alguns agradecimentos. “Nós temos que agradecer sempre a presença marcante da Prefeitura de Paranaguá, através do prefeito Marcelo Roque, do secretário de Esportes de Paranaguá, Darlan, que sempre está nos incentivando, do Miola, que é um lutador e um abnegado pelo esporte, aos nossos patrocinadores e apoiadores. Não podemos deixar de agradecer também ao projeto de incentivo ao esporte, que o município possui, assim como o bolsa-atleta, pois isso está fazendo a diferença no esporte. Certamente com estes apoios teremos um futuro melhor e de conquistas ”, finaliza Lincoln.

Continuar lendo
Publicidade