Connect with us

Esportes

Esportes em águas abertas: conheça os cuidados

Somando os inúmeros lagos e rios espalhados por todo o País, os esportes em águas abertas se colocam como uma opção para quem quer se exercitar.

Publicado

em

Somando os inúmeros lagos e rios espalhados por todo o País, os esportes em águas abertas se colocam como uma opção para quem quer se exercitar. Mas é preciso muito cuidado ao se aventurar pelas águas.
“Na natação em águas abertas, não há bordas para se direcionar. A água pode ser bem turva e atrapalhar bastante a visão. O atleta precisa se orientar levantando a cabeça para marcar a direção a seguir. A correnteza é outra diferença. Tem que ter um bom guia que conheça bem a região para nadar em segurança. É preciso estar acompanhado e ter cuidado com correntezas, ondulações e com as embarcações”, avisa Júlia Camargo, organizadora do evento esportivo Rei e Rainha do Mar, que ocorre em cidades brasileiras há nove anos com mais de 60 mil participantes.

“O cuidado principal é não nadar sozinho, especialmente se você está começando. Cuidados com as correntezas, ondulações e até embarcações (dependendo de onde o atleta treina) são importantes. Recentemente, foi lançada uma boia que fica presa ao corpo do atleta e não impacta em nada a performance dele, mas garante mais segurança, pois caso o atleta canse, ele pode se apoiar na boia e ainda aumenta consideravelmente a visibilidade do atleta perante embarcações”, informa Júlia.

DICAS

 

Outras dicas são o uso de protetor solar e se manter bem hidratado, consideradas premissas básicas para esporte ao ar livre. Já o SUP é tratado como uma opção para curtir práticas nas águas mesmo para quem não sabe surfar. A prática pode ser levada como uma atividade física diferente ou um passeio menos convencional. Mesmo com a prancha e o remo, os cuidados também não são poucos e as instruções de segurança devem ser seguidas à risca.
“Tem que ter os cuidado, usar equipamento de segurança, avisar para alguém em terra a direção que está indo e, de preferência, não remar sozinho”, lembra o proprietário do Clube de Remo Brasília, André Correa, que aluga pranchas de SUP no Lago Paranoá, em Brasília, há seis anos. Uma dica importante é levar em conta a direção do vento. Para André, no início da prática, o ideal é remar contra o vento. Isso porque na volta, quando se está mais cansado, o recurso vai ajudar em vez de gerar resistência.

Júlia ainda explica que para a prática do SUP, não há uma diferença significativa entre água doce ou salgada. “A diferença não é tão grande como para a natação, que sente mais a variação de densidade da água salgada para água doce. No evento que realizamos em Brasília, os atletas de SUP lutaram muito contra o vento e isso varia de local para local”, destacou. Como alerta a responsável pela competição, na natação, esse é um fator determinante.
A densidade da água pode variar. Nos rios e lagos, é de aproximadamente 1 grama por centímetro cúbico. Já no mar é, em média, 1,03 grama por centímetro cúbico, principalmente por conta da presença de cloreto de sódio. A variação da densidade da água doce e da salgada é pequena, apenas 3%, mas é suficiente para sentir diferença no empuxo. Por isso, nadar no mar é mais fácil. Mas não se engane. 

 

IMPORTANTE LEMBRAR

 

Nadar em ambientes externos exige cuidado redobrado. Certificar-se das condições do local, tem que ter um bom preparo físico e nadar sempre com o acompanhamento de um profissional que esteja apto a socorrer caso o atleta sinta, por exemplo, uma cãibra ou tenha algum tipo de intercorrência no percurso.

“Muitas vezes, o atleta tem ótima referência na piscina, um quadradinho fechado. Ao colocá-lo em águas abertas, pode desenvolver pânico, medo do desconhecido. O psicológico pode se abalar ao ser colocado em uma vastidão ou em locais onde a orientação se dá por uma árvore, uma montanha, uma boia”, explica o treinador Hugo Lobo Filho, que foi treinador da Seleção Brasileira de Natação.

 

OUTRAS DIFERENÇAS

 

Na natação, a posição do corpo na água também varia. Na natação de piscina, o nado é mais plano e os nadadores procuram alinhar seu corpo com a água. Nas águas abertas, a posição da cabeça é mais alta e existe uma constante elevação da mesma para que o nadador consiga se localizar durante o exercício.

BENEFÍCIOS

O SUP é um exercício físico completo, trabalha o corpo inteiro. Induz à concentração e ao equilíbrio. Tem baixo impacto e alto gasto calórico. No decorrer de uma hora, a atividade pode queimar de 300 a 700 calorias. Por trabalhar o centro de gravidade, é excelente para coluna, ligamentos e musculatura abdominal. Quando feito com a postura ideal, ajuda a evitar possíveis lesões e ainda contribui com a melhora da postura a longo prazo. Isto porque o abdômen é o principal responsável por preservar a coluna lombar.

“Dos principais benefícios da natação de águas abertas eu considero a relação com a natureza. Seu treino nunca é igual já que o mar a cada dia está de uma maneira – águas mais claras ou mais escuras, mais quentes ou muito geladas, com ou sem onda, e às vezes até com a visita de animais marinhos como tartarugas. Além disso, os treinos em águas abertas normalmente são realizados em turma e a sensação de não estar treinando sozinho é maior do que na piscina. Além de praticar esporte, você acaba fazendo uma rede de novos amigos”, explica Júlia.

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.