Connect with us

Segurança

Conselho da Mulher Executiva da Aciap solicita implantação da Delegacia da Mulher em Paranaguá

Deputado já levou pleito ao conhecimento do Estado e afirma que Delegacia da Mulher poderá ser implantada na área da Delegacia Cidadã (Foto: Divulgação)

Publicado

em

Delegacia da Mulher

Jacqueline Guimbala entregou ofício solicitando apoio do líder de Governo, deputado Hussein Bakri

Na tarde da quarta-feira, 21, a presidente do Conselho da Mulher Executiva da Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Paranaguá (Aciap), Jacqueline Guimbala, entregou um ofício ao líder de Governo na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), deputado estadual Hussein Bakri (PSD), solicitando apoio para a implantação de uma Delegacia da Mulher em Paranaguá. O objetivo é reforçar a investigação, prevenção e repressão aos crimes cometidos contra a população feminina do município, algo que se intensificou neste período de pandemia com aumento de casos de feminicídio no litoral. A entrega aconteceu no Palácio Taguaré, sede administrativa da empresa pública Portos do Paraná, e contou com a presença do vice-prefeito, Arnaldo Maranhão.

Segundo a presidente, Paranaguá, que é o município polo do litoral, conta com 71.162 mulheres, o que equivale a 50,66% do total de moradores no município, sendo essencial a presença de uma Delegacia da Mulher como local de acolhimento, investigação e de trabalho preventivo com relação aos crimes cometidos contra a população feminina. “O Conselho da Mulher Executiva, da Associação Comercial de Paranaguá, apoia toda e qualquer ação que venha combater a violência contra a mulher. Os números de feminicídios e agressões aumentam significativamente a cada dia. Qualquer estatística estaria desatualizada em minutos e mesmo esses dados sendo atualizados diariamente não retratam a realidade, pois muitas mulheres agredidas não têm suporte adequado para denunciar”, completa. O ofício também foi assinado pelo presidente da Aciap, Eloir Martins.

“Vimos a necessidade, visto que nossa cidade e o litoral não dispõem de lugar específico para atender as mulheres mais vulneráveis a esta situação. Uma Delegacia da Mulher vem atender e suprir a lacuna de amparar as vítimas, explicando e defendendo seus direitos, estimulando as denúncias, de certa forma inibindo as agressões. Sendo um lugar de acolhimento, atendido por delegadas especializadas, a mulher estará amparada, sendo auxiliada, orientada e acolhida no atendimento aos diversos tipos de agressão, seja ela física, sexual, psicológica ou patrimonial”, reforça a presidente.

“Com certeza será um marco importante para a política de enfrentamento à violência contra as mulheres”, destaca a presidente do Conselho da Mulher Executiva da Aciap, Jacqueline Guimbala (Foto: Divulgação)

Segundo Jacqueline, a estrutura é essencial não só para Paranaguá, como também para todo o litoral. “Com certeza será um marco importante para a política de enfrentamento à violência contra as mulheres. O líder de Governo, deputado Hussein Bakri, recebeu o documento em mãos e ressaltou a importância do pedido feito em prol da segurança das mulheres no município”, afirma.

Deputado destaca importância da criação da Delegacia da Mulher 

O líder de Governo, deputado Hussein Bakri, destacou a importância da iniciativa da Conselho da Mulher Executiva da Aciap. “Tratamos de uma solicitação das mulheres da Aciap, por meio da Jacqueline, relativa à instalação de uma Delegacia da Mulher em Paranaguá. Evidentemente que esta solicitação é positiva, infelizmente os números de criminalidade são muito altos em Paranaguá de homicídios, feminicídios e crimes contra a mulher. De imediato fizemos o contato com o secretário de Segurança Pública e nós teremos uma resposta nos próximos dias da possibilidade da instalação de uma Delegacia da Mulher onde já existe a Delegacia Cidadã”, destaca. “Existe espaço para instalação e eu senti uma possibilidade real e concreta que Paranaguá possa ganhar esta Delegacia da Mulher”, complementa.

“Tenho certeza de que o Estado do Paraná, através da Secretaria de Segurança Pública, em breve estará trazendo o retorno e a resposta positiva deste pleito”, afirma o líder de Governo, deputado Hussein Bakri

“Infelizmente, o número de crimes contra a mulher aumentou muito durante a pandemia. Paranaguá é uma cidade com praticamente 150 mil habitantes, é extremamente importante que nós tenhamos agilidade na resolução desta questão, que nós possamos trazer uma resposta rápida da possível instalação desta Delegacia da Mulher. Confio muito nisso, o secretário Marinho recebeu com muita atenção este tema”, afirma o legislador.

Segundo o líder de Governo, a delegacia será também tratada pela Celepar (Companhia de Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraná). “Celepar é a empresa de dados do Paraná que será responsável pela elaboração deste projeto. Vejo com otimismo esta possibilidade. A importância da Delegacia da Mulher é desde a hora da entrada, uma senhora para fazer uma queixa tem que ter condições psicológicas, a delegacia deve contar com psicólogo, enfim, todo o conjunto que facilita a iniciativa de a mulher fazer a queixa”, reforça Bakri. “Tenho certeza de que o Estado do Paraná, através da Secretaria de Segurança Pública, em breve estará trazendo o retorno e a resposta positiva deste pleito”, acrescenta.

Vice-prefeito reforça iniciativa

Vice-prefeito, Arnaldo Maranhão, reforçou importância do pleito do Conselho da Mulher Executiva da Aciap

O vice-prefeito, Arnaldo Maranhão, reforçou a importância da iniciativa da presidente do Conselho da Mulher Executiva da Aciap, Jacqueline Guimbala. “Ela entregou em mãos um ofício ao deputado sobre a possibilidade de instalação em Paranaguá da Delegacia da Mulher. Você veja a importância, caso isso venha a se tornar realidade. Infelizmente, os números de violência contra a mulher têm aumentado em Paranaguá, no Paraná e no litoral. O pedido oficial foi de que na Delegacia Cidadã, no Aeroparque, recentemente inaugurada pelo governador Ratinho Júnior, seja inaugurada uma Delegacia da Mulher, exclusiva de atendimento da mulher”, finaliza. 

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.