conecte-se conosco

Segurança

9.º BPM cria número de WhatsApp para denúncias no litoral

O serviço já pode ser utilizado através do número (41) 99262-9790

Publicado

em

O 9.º Batalhão da Polícia Militar do Paraná (9.º BPM), responsável pelo policiamento nos sete municípios do Litoral, disponibilizou recentemente um número de Whatsapp específico para receber denúncias de crimes e demais delitos na região.

O serviço já pode ser utilizado através do número (41) 99262-9790. Segundo a PM, não é necessário se identificar, as denúncias poderão ser feitas de forma sigilosa e com as informações preservadas.

O tenente coronel Tavares, comandante do 9.º BPM, explica que a iniciativa é ter mais um canal de comunicação entre a Polícia Militar, através do 9.º BPM, com a sociedade, agilizando assim a troca de informações que poderão ajudar na captura de criminosos e na apreensão de materiais ilícitos pela região.

“Solicitamos à população litorânea que auxilie a Polícia Militar realizando as denúncias. Apesar de nós estarmos presentes em todos os municípios do estado, em todos os municípios do litoral, nós necessitamos de ajuda da população, pois muitas coisas acontecem e nós não temos conhecimento. Nós já temos um canal de denúncia que é o 181, onde as pessoas não precisam se identificar. Temos o aplicativo Emergência 190, onde a pessoa pode fazer um Boletim de Ocorrência, pode fazer até mesmo uma denúncia. Mas agora aqui na área do 9.º Batalhão nós criamos o WhatsApp denúncia. Onde a pessoa pode passar uma mensagem, pode passar um áudio, pode passar uma filmagem, pode passar fotos, em especial informações sobre coisas erradas, nós temos vários problemas no litoral com relação a furtos de fios elétricos de cobre em especial, temos problemas de vazada, temos problemas de tráfico e de homicídios, e esse canal servirá para que a população possa nos auxiliar para que a gente possa melhorar o nosso serviço, e peço a colaboração de todos”, enfatiza o comandante do 9.º BPM.

Além desta nova ferramenta, o público também pode continuar contando com os números 190  Emergência e Disque Denúncia 181, que preferencialmente deverão ser acionados em casos de emergência ou urgência.

Com informações do 9.º BPM