Connect with us

Religiosidade

Missa do Crisma é transferida para o segundo semestre

“Estou pensando em fazê-la no segundo semestre, quando esperamos tudo isso tenha já passado”, disse dom Edmar, bispo de Paranaguá

Publicado

em

A tradicional Missa do Crisma, oportunidade em que acontece a bênção dos Santos Óleos, que são utilizados durante o ano nas paróquias, parte integrante da programação da Semana Santa, foi transferida para o segundo semestre de 2020, devido às restrições impostas pela pandemia do Coronavírus – Covid-19.

O Bispo da Diocese de Paranaguá, dom Edmar Peron, comenta sobre a modificação de data litúrgica.

“Devido a esta situação de tentar conter o pico do contágio do Coronavírus com o distanciamento social, porque realmente é uma questão pandêmica e que envolve o mundo inteiro, a Santa Sé possui um órgão responsável pela liturgia e deixou então aos bispos a liberdade de escolherem uma outra data para fazer esta celebração”, destaca dom Edmar.

Ele também explica o simbolismo e significado da celebração. “Esta missa se chama Missa do Crisma, e nela o bispo com os padres abençoa o óleo do Batismo, abençoa o óleo da Unção dos Infernos e consagra o óleo do Crisma. Ela também é chamada missa da unidade, pois dela participam todos os padres com representantes de cada uma das paróquias”, disse dom Edmar, reiterando que nesta participação ativa dos padres há um motivo especial, o qual é a renovação das promessas sacerdotais que fizeram quando foram ordenados presbíteros.

“Estou pensando em fazê-la no segundo semestre do ano, quando esperamos que tudo isso tenha já passado, e com alegria poderemos nos reunir com representantes de toda a Diocese, com todos os padres e celebrar essa missa que normalmente tem sido na Quarta-feira Santa à noite, aqui na nossa Diocese de Paranaguá”, ressalta. “Provavelmente tomarei uma das datas que nós já temos no calendário dos padres para não criar uma outra nós faremos isso, então deverá estar acontecendo em setembro ou no início de outubro a nossa celebração da Missa do Crisma, também chamada Missa da Unidade, aqui na Diocese Paranaguá”, finaliza o bispo.

Também conhecida por “Missa dos Santos Óleos” é um dos rituais mais importantes do catolicismo

SIGNIFICADO

A Missa dos Santos Óleos é um dos rituais mais importantes para o catolicismo. Na celebração, os óleos que serão utilizados ao longo do ano são benzidos e utilizados posteriormente em sacramentos católicos como os batismos, crisma ou confirmação, unção dos enfermos e ordenamento dos religiosos.

Desta forma, depois da bênção, os vidros com os óleos são levados pelos padres a suas respectivas paróquias para que possa ocorrer a prática dos sacramentos dos fiéis. Nela também se renovam as promessas sacerdotais pronunciadas no dia da ordenação, sendo também chamada de ‘Missa da Unidade’, expressando a comunhão diocesana em torno do Mistério Pascal de Cristo, constituindo um momento forte de comunhão, de participação intensa das comunidades e de valorização dos sacramentos da vida da Igreja.

Foto: arquivo.