Connect with us

Portos do Paraná

Trabalhadores portuários aprovam medidas de prevenção à Covid-19

Segurança de quem acessa o cais do Porto de Paranaguá é uma das grandes preocupações da autoridade portuária paranaense (Foto: Portos do Paraná)

Publicado

em

84% estão satisfeitos com os cuidados adotados 

As medidas de higiene adotadas nos portos do Paraná para prevenção e combate à Covid-19 têm a aprovação de 84% dos trabalhadores portuários avulsos (TPAs). A pesquisa, realizada pelo Órgão Gestor de Mão de Obra (Ogmo), ouviu 684 colaboradores entre 27 de março e 16 de abril.

A segurança de quem acessa o cais do Porto de Paranaguá todos os dias é uma das grandes preocupações da autoridade portuária paranaense. “As estruturas de atendimento médico, medição de temperatura e higienização são essenciais para que o porto seja um ambiente seguro. Isso tranquiliza o trabalhador e também suas famílias”, destaca o presidente da empresa pública Portos do Paraná, Luiz Fernando Garcia.

Hoje, Paranaguá conta com 1.783 trabalhadores avulsos ativos. Diariamente, 500 deles são escalados para operações no cais. Sãos estivadores, arrumadores, trabalhadores do bloco, conferentes de carga, consertadores e vigias de embarcações.

Pesquisa reuniu opiniões de estivadores, arrumadores, trabalhadores do bloco, conferentes de carga, consertadores e vigias (Foto: Portos do Paraná)

Segundo a diretora executiva do Ogmo, Shana Carolina Bertol, ouvir os trabalhadores é essencial para avaliar as medidas que estão sendo adotadas e propor novas soluções. “O objetivo é saber se os trabalhadores estão se sentindo seguros para exercer suas funções. Sabemos da importância da manutenção da atividade portuária, mas também temos a preocupação de levar essa proteção a quem está na linha de frente”.

A primeira avaliação do resultado foi bastante positiva. Dos trabalhadores, 84% disseram se sentir seguros e protegidos ao entrar no porto; 27% responderam estar “muito satisfeito” com as medidas adotadas; 57% “satisfeito”. Os insatisfeitos e muito insatisfeitos foram 8% das respostas, em cada opção.

A pesquisa será contínua, feita via sistema eletrônico do Ogmo. “Quando o trabalhador se habilita para ser escalado, ele tem a opção de responder a pesquisa e nos dizer como se sente. Este monitoramento será feito até o fim da pandemia”, explica a diretora executiva do Ogmo.

Fonte: AEN

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.