conecte-se conosco

Portos do Paraná

Segunda edição do Porto Cidade interage com a comunidade do Jardim Samambaia

Portos do Paraná realizou atividades lúdicas, conceito de compostagem e vídeos em animação da série Porto Explica

Publicado

em

Foto: Claudio Neves / Portos do Paraná

Na sexta-feira, 25, a Portos do Paraná promoveu a segunda edição do projeto Porto Cidade, que leva informações, serviços e educação ambiental para a comunidade. A empresa pública é parceira mensal na ação E-Social, comandada pela Prefeitura de Paranaguá, que acontece em diferentes bairros da cidade, desta vez no Jardim Samambaia.

 “A intenção é aproximar a autoridade portuária da população. Realizamos um projeto semelhante no Pátio de Triagem de Caminhões e nas comunidades ilhadas, com resultados muito positivos”, explica André Pioli, diretor Empresarial da Portos do Paraná.

Segundo o superintendente da Secretaria de Ação Social da prefeitura, Gerson Luiz Augusto, a presença do porto reforça o papel fundamental da atividade portuária no município e mostra que a empresa pública tem atuações que vão muito além da movimentação de cargas”, disse. 

EDUCAÇÃO AMBIENTAL

Nesta edição, a Portos do Paraná realizou atividades lúdicas, voltadas para crianças; apresentou o conceito de compostagem; e os vídeos em animação da série Porto Explica. 

“Trouxemos um minhocário, para ensinar o pessoal a trabalhar com o lixo orgânico e falamos com os participantes sobre cuidados ambientais que cada um pode adotar no dia-a-dia”, conta Pedro Pisacco Cordeiro, coordenador de Sustentabilidade da empresa pública.

Outro serviço ofertado pela autoridade portuária foi a ouvidoria. “Esse tipo de ação itinerante dá a oportunidade para a população se manifestar, de ter um contato maior com o porto, seja através de uma sugestão ou reclamação”, afirma a coordenadora de Ouvidoria da Portos do Paraná, Mirella Ferreira Costa.

Foto: Claudio Neves / Portos do Paraná

PARTICIPAÇÃO

A E-Social é realizada pela Prefeitura de Paranaguá, com parceria do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), Serviço Social do Transporte e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Sest/Senat), Frente Afro Litoral e Global Saúde.

“As pessoas chegam para resolver uma questão e descobrem que podem resolver muitas outras”, avalia Andrea Keila Correa de Oliveira, diretora comercial da Global Saúde.

Além de cadastros e atendimentos de saúde, foi feito o credenciamento para castração de animais, atendimento veterinário, orientação sobre cadastro de matrículas para educação infantil e jovens adultos, divulgação de vagas de emprego, informações turísticas e culturais, corte de cabelo e atendimento odontológico.

APROVAÇÃO

Karolyn Vieira da Silva, de 23 anos, participou da Feira com a família. “Eu fui atendida pelo CRAS – Centro de Referência de Assistência Social e pelo Sest/Senat, meu marido pela Global Saúde e também cortou o cabelo e meu filho ficou brincando com os jogos educativos do porto”.

Foto: Claudio Neves / Portos do Paraná

Já Samuel Pontes, de 46 anos, morador do Jardim Samambaia, aproveitou para se vacinar contra a COVID-19. “Tomei a terceira dose da vacina e agendei a castração da Bianca, minha cachorra”, comemorou.

Fonte: Portos do Paraná