conecte-se conosco

Polícia

ROTAM encontra depósito de entorpecentes em Guaratuba

Foram recolhidos centenas de pinos plásticos com cocaína, pedras de crack, pedaços de maconha e dinheiro

Publicado

em

Equipes da ROTAM – Rondas Ostensivas Tático Móvel, da Polícia Militar, encontraram durante um patrulhamento de rotina realizado na tarde de terça-feira, 14, por volta das 14h, no Balneário de Coroados, em Guaratuba, um depósito de entorpecentes. Três pessoas foram presas.

CARRO

De acordo com a corporação, a viatura trafegava pela Avenida Piauí, em uma região conhecida pela intensa movimentação de usuários e pequenos traficantes de drogas, quando os policiais suspeitaram de dois homens que estavam encostados em um VW Gol, cor prata, na frente de uma residência.

Ao perceber a aproximação da viatura, um dos indivíduos arremessou um objeto para dentro do veículo.

Diante da situação, a equipe desembarcou da viatura e abordou os suspeitos.

Com Felipe Guilherme dos Santos Teixeira, de 32 anos, os policiais encontraram certa quantia em dinheiro trocado.

No interior do objeto dispensado por Felipe, uma capa de proteção para óculos, foi encontrada uma porção de maconha.

Seguindo com a abordagem e a revista no veículo, os policiais encontraram dentro do porta-luvas um frasco com 20 pedras de crack e 20 pinos plásticos com cocaína.

CASA

No quintal da casa, onde a abordagem aconteceu, foram recolhidos um pote com 21 pedras de crack e um pacote com pinos plásticos usados para embalar cocaína.

Indagado sobre o material apreendido, Rafael Henrique Cardoso, de 33 anos, responsável pelo imóvel, disse que armazenava no local outras porções de entorpecentes.

Na casa foram recolhidos dois pedaços grandes de maconha, que estavam escondidos dentro do fogão, 191 pinos plásticos com cocaína, encontrados dentro de uma mala de viagem, e outros nove, na estante da sala.

Certa quantia em dinheiro trocado também foi apreendida.

CELULARES

Dois celulares que estariam sendo usados na comercialização de entorpecentes através de aplicativos de mensagens foram recolhidos e serão periciados.

A esposa de Rafael, uma mulher de 32 anos, que estava na casa, também foi presa.

Todos os envolvidos e o material apreendido foram encaminhados para o plantão da Polícia Civil.

Continuar lendo
Publicidade