Connect with us

Polícia

Parnanguara é preso após confronto armado com a PM em Curitiba

O suspeito morto ainda não foi identificado. O confronto aconteceu no bairro Alto Boqueirão, na capital.

Publicado

em

Parnanguara é preso após confronto armado com a PM em Curitiba

Um confronto armado, envolvendo equipes da RONE – Rondas Ostensivas de Natureza Especial e do Setor de Inteligência da Polícia Militar, registrado na manhã desta quinta-feira, 18, no bairro Alto Boqueirão, em Curitiba, terminou com um suspeito morto e dois presos. Uma pistola e cerca de 10 quilos de maconha foram apreendidos.

SUSPEITOS

Paulo Cesar Jungles de Camargo Filho, de 21 anos, morador em Piraquara, e Deyvid Fellipe da Silva Pereira, de 23 anos, morador no bairro Beira Rio, em Paranaguá, foram abordados por uma equipe da RONE, no bairro Sítio Cercado.

A dupla estava dentro de um Chevrolet Corsa Classic, cor prata, e agiu de maneira suspeita ao perceber a aproximação da viatura.

Abordados e revistados, com os dois rapazes nada de ilícito foi encontrado.

Ao verificar o interior do veículo, os policiais apreenderam um invólucro plástico com certa quantidade de maconha e um aparelho celular.

Indagados sobre a droga encontrada dentro do carro, Deyvid Fellipe admitiu ser o proprietário.

Enquanto identificavam os suspeitos, os policiais perceberam que um aplicativo de mensagens foi acionado no aparelho apreendido.

Duas mensagens recebidas e que foram enviadas para Deyvid Fellipe, indicavam que o rapaz estava fechando uma transação com entorpecentes. Ele e o outro suspeito estariam indo buscar a droga no bairro Alto Boqueirão. Pelo “serviço” Deyvid receberia uma quantia em dinheiro.

Diante da situação, equipes do Setor de Inteligência da Polícia Militar foram acionadas e começaram a monitorar a região onde o encontro aconteceria.

Contando com a colaboração dos suspeitos abordados, as equipes foram para o endereço indicado, no cruzamento das Ruas Expedicionário Eurides do Nascimento, com Antônio Zak, e flagraram a entrega da droga.

MACONHA

Um indivíduo, ainda não identificado, desceu de um Fiat Palio, cor vermelha, e caminhou até o carro dos suspeitos. O rapaz carregava uma caixa, cor verde, com vários tabletes de maconha dentro.

Após colocar a caixa no interior do carro ocupado por Deyvid Fellipe e Paulo Cesar Jungles, o rapaz foi abordado pelos policiais.

A equipe se identificou e pediu para o indivíduo colocar as mãos na cabeça.

Neste momento, o suspeito sacou uma pistola e apontou para os policiais. A equipe reagiu e alvejou o indivíduo, que não resistiu ao ferimento.

Socorristas do Siate foram acionados e constataram o óbito.

PISTOLA

No local, onde o confronto aconteceu, os policiais recolheram uma pistola calibre .380, com 12 munições intactas e 17 tabletes de maconha.

Ao todo, foram apreendidos aproximadamente 10 quilos da droga.

IML

O corpo do suspeito foi periciado pela Criminalística e recolhido ao IML – Instituto Médico Legal de Curitiba.

O indivíduo ainda não foi identificado.

PRESOS

O parnanguara Deyvid Fellipe da Silva Pereira, que tem passagens pela polícia, e Paulo Cesar Jungles de Camargo Filho receberam voz de prisão e foram encaminhados para a Central de Flagrantes da capital do estado.

Leia também: PF deflagra operação contra fraudes no auxílio emergencial