conecte-se conosco

Polícia

Mulher é atropelada por caminhão no Jardim Ouro Fino

O atropelamento aconteceu nas proximidades de uma casa noturna, na Avenida Bela Vista, no Jardim Ouro Fino. O motorista do caminhão parou o veículo e acionou o socorro

Publicado

em

Uma mulher, ainda não identificada, morreu na madrugada desta sexta-feira, 11, por volta das 3h, após ser atingida por um caminhão na Avenida Bela Vista, no Jardim Ouro Fino, em Paranaguá.

De acordo com o motorista do veículo, um rapaz, de 27 anos, de nacionalidade paraguaia, ele tinha acabado de sair de uma casa noturna com a companheira, quando foi avisado por populares do atropelamento.

Em suas declarações, o caminhoneiro disse que entrou na cabine, ligou o veículo e esperou “fazer ar”, para então manobrar o caminhão e sair do local.

Neste momento, pessoas que estavam nas proximidades da casa noturna começaram a gritar e chamar sua atenção. Ele parou o veículo, desceu da cabine e encontrou a mulher caída ao lado do caminhão.

Equipes do SAMU – Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e da Polícia Militar foram acionadas e atenderam a ocorrência. Os socorristas constataram o óbito da mulher.

O local do atropelamento foi isolado e periciado pela Criminalística.

A vítima, que aparenta ter entra 35 e 40 anos, não portava documentos de identificação. O corpo segue no IML de Paranaguá

Um cartão da Caixa Econômica Federal e um aparelho celular com a tela trincada foram encontrados junto ao corpo. A vítima estava vestindo uma blusa nas cores branca e azul, calça jeans e calçava sapatos, cor cinza. A mulher não portava documentos de identificação e aparenta ter entre 35 e 40 anos.

Periciado, o corpo foi encaminhado para a sede do IML – Instituto Médico Legal de Paranaguá, onde passou por exames complementares.

EMBRIAGUEZ

Apresentando sintomas de embriaguez, o motorista do caminhão foi levado para a Delegacia Cidadã, onde prestou depoimento.

O rapaz disse que tomou duas doses de whisky na casa noturna, mas se recusou a fazer o teste do bafômetro.

O caminhão foi apreendido e segue no pátio do 9.º Batalhão de Polícia Militar.