conecte-se conosco

Polícia

Morre no HR rapaz baleado na Vila Guarani; foi a segunda vítima fatal de um atentado a tiros

Gabriel Borba, de 22 anos, foi atingido nos braços, pernas e no abdômen

Publicado

em

Foto: Redes Sociais

Morreu no começo da noite desta quinta-feira, 31, em uma unidade de terapia intensiva (UTI) do Hospital Regional do Litoral, um dos rapazes alvejado por disparos de arma de fogo, durante um atentado registrado na madrugada, na Vila Guarani, em Paranaguá.

Gabriel Borba, de 22 anos, foi atingido nos braços, pernas e no abdômen. O rapaz foi atendido por socorristas do SAMU – Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e encaminhado em estado grave para a casa hospitalar, onde faleceu.

O atentado a tiros aconteceu por volta das 4h40 da madrugada, na Rua Tupiniquim, esquina com Eugênio José dos Santos, nas proximidades de um posto de saúde.

A vítima estava na frente de uma bicicletaria, com um grupo de amigos, quando homens armados que ocupavam um carro prata, atiraram. Além de Gabriel, outros dois indivíduos foram baleados.

Anderson Chagas dos Santos, de 27 anos, não resistiu aos graves ferimentos e morreu no local. Márcio Luiz do Carmo, de 48 anos, atingido nas pernas, permanece internado no Hospital Regional.

O corpo de Gabriel Borba será encaminhado para a sede do IML – Instituto Médico Legal, onde vai passar por exames complementares.

14.º HOMICÍDIO

Gabriel Borba, de 22 anos, foi atingido nos braços (Foto: Redes Sociais)

Paranaguá registra agora 14 homicídios em 2022. No litoral são 27 casos.

De acordo com a polícia, as vítimas não tinham indicativo criminal. O crime já está sendo investigado pela Polícia Civil.