Connect with us

Polícia

Mistério no Jardim Santa Rosa: Homem pode ter sido assassinado por engano

Durante as agressões, um dos indivíduos disse aos comparsas: “Vamos embora, não é ele”.

Publicado

em

Equipes da Polícia Militar e do Samu foram acionadas na madrugada de quinta-feira, 14, por volta das 3h, no Jardim Santa Rosa, para atender a uma ocorrência de lesão corporal grave.

Ao chegar ao endereço indicado, uma casa na Rua Tufi Maron, a solicitante relatou que estava deitada com o seu marido, identificado como Leandro Farias Gregório Santos, de 37 anos, quando foram surpreendidos por quatro indivíduos armados.

Agindo com bastante violência, o quarteto começou a agredir Leandro com coronhadas na cabeça. Durante as agressões, um dos indivíduos disse aos comparsas: “Vamos embora, não é ele”. Os suspeitos saíram do imóvel.

Ainda de acordo com a esposa de Leandro, testemunha do crime, os agressores voltaram minutos depois e efetuaram um disparo de arma de fogo, que atingiu o rapaz.

Os criminosos tentaram atirar outras vezes contra a vítima, mas a arma teria falhado. Neste momento, um dos indivíduos foi até a cozinha da residência pegou uma faca e desferiu vários golpes no pescoço de Leandro, que morreu no local.

Com a chegada das equipes de emergência, o óbito foi constatado e o local isolado.

Criminalística

Depois da perícia, realizada pela Criminalística, o corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal de Paranaguá, onde passou por exames complementares.

27.º Homicídio

A morte de Leandro Farias Gregório Santos aumenta o número de homicídios ocorridos em Paranaguá, este ano. Agora são 27 casos registrados na cidade. No litoral, são 58 homicídios. 

A Polícia Civil já está investigando o caso.