conecte-se conosco

Polícia

Dupla é presa por contrabando e maus-tratos contra animais em Pontal do Sul

A embarcação abordada pela Patrulha Costeira no canal de acesso para a Ilha do Mel transportava grande quantidade de produtos alimentícios, cigarros contrabandeados e dois animais vivos

Publicado

em

Dois homens que estavam a bordo de um barco que navegava nas proximidades do balneário de Pontal do Sul, em Pontal do Paraná, na madrugada de quinta-feira, 24, foram presos por uma equipe da Patrulha Costeira, da Polícia Militar, acusados de contrabando e maus-tratos contra animais. Um porco e um cabrito foram encontrados amarrados dentro da embarcação.

ILHA DO MEL

De acordo com a corporação, a embarcação da Patrulha Costeira voltava de uma ação policial na Ilha do Mel e ao passar pelo canal de acesso os militares suspeitaram de um barco onde estavam dois indivíduos.

A embarcação já foi alvo de denúncias repassadas tanto para a Polícia Militar, como também para o NEPOM – Núcleo Especial de Polícia Marítima, da Polícia Federal.

O cabrito e o porco estavam com as patas amarradas e não tinham acesso à água e nem à  alimentação

Agindo de maneira suspeita e apresentando certo nervosismo, os dois homens chamaram atenção da equipe, que resolveu abordar o barco.

Dentro da embarcação foram encontrados 58 fardos de cerveja, 107 garrafas de whisky, 3 garrafas de vinho, 22 garrafas de vodka, 3 garrafas de conhaque, 6 fardos de refrigerantes, material de higiene e limpeza pessoal, como pastas de dente, shampoos e desodorantes e produtos alimentícios. 

A dupla transportava ainda 14 pacotes de cigarros contrabandeados 

ANIMAIS

Durante a vistoria realizada na embarcação, os policiais se surpreenderam ao encontrar dois animais vivos. Um porco, de aproximadamente 25 quilos, estava sendo transportado dentro de um saco, e um cabrito, que estava com as patas amarradas. 

Os animais estavam jogados no deck da embarcação e não tinham acesso a água ou alimentação.

Transportado dentro de um saco, o porco apresentava sinais de maus-tratos

Indagado sobre a situação e as mercadorias apreendidas, o homem que disse ser dono do barco, confessou que estava levando os produtos para um navio na baía de Paranaguá. As mercadorias seriam içadas por um cabo, para o convés do navio.

O homem admitiu ainda que os animais também seriam comercializados com a tripulação da embarcação.

Todo o material recolhido no barco e os dois animais foram levados para a base do CIOM – Centro Integrado de Operações Marítimas, em Paranaguá, onde a embarcação ficou recolhida.

Os dois homens presos foram encaminhados para a Delegacia da Polícia Federal.

Dois homens que estavam no barco foram presos. As mercadorias apreendidas seriam comercializadas com a tripulação de um navio que estava na baía de Paranaguá

SEMMA

Após o registro da ocorrência na unidade policial, as equipes entraram em contato com a SEMMA – Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Paranaguá, que recolheu o porco e o cabrito.