conecte-se conosco

Polícia

Confronto armado termina com suspeito morto em Matinhos; em outra abordagem policial mais de 20 mil reais foram apreendidos

Cristiano Ferreira Alcântara, vulgo “Tiano”, morreu dentro de um quarto de hotel

Publicado

em

Em ações distintas realizadas no âmbito da Operação Sambaqui, deflagrada na última segunda-feira, 6, em Matinhos, um rapaz morreu durante confronto com equipes da RONE – Rondas Ostensivas de Natureza Especial, da Polícia Militar, uma foragida da Justiça foi presa e uma mochila, com mais de R$ 20 mil foi apreendida.

As abordagens policiais aconteceram no litoral do estado e no bairro Tingui, em Curitiba.

Operação Sambaqui, deflagrada em Matinhos, cumpriu 10 mandados de prisão e 33 de busca e apreensão

MOCHILA

Na madrugada do dia 8 de dezembro, equipes da RONE realizavam o monitoramento de um imóvel, no bairro Tabuleiro, em Matinhos, apontado pela Agência de Inteligência do Batalhão de Choque como o local onde indivíduos foragidos da Operação Sambaqui estariam escondidos.

Ao tentar abordar dois indivíduos que estavam no local, um deles correu para um matagal e não foi localizado.

Com o outro suspeito abordado, um rapaz, de 22 anos, os policiais encontraram uma mochila com mais de R$ 20 mil e alguns documentos falsificados.

Preso, o indivíduo foi encaminhado para o plantão da Delegacia Cidadã.

O indivíduo abordado pelas equipes da RONE carregava uma mochila com R$ 20 mil

FORAGIDA

Ainda no âmbito da Operação Sambaqui, policiais civis cumpriram um mandado de prisão que estava em aberto.

O documento expedido pela Vara Criminal de Matinhos foi cumprido durante uma diligência, na tarde de quarta-feira, 8, no bairro Tingui, em Curitiba.

Uma mulher, de 31 anos, foi presa e encaminhada para a Central de Flagrantes da Capital.

CONFRONTO

Enquanto seguiam com as diligências, no intuito de encontrar outros foragidos, equipes da RONE – Rondas Ostensivas de Natureza Especial, da Polícia Militar, receberam a informação que um dos alvos da operação estava escondido em um quarto de hotel, na região central de Matinhos.

Imediatamente, várias viaturas foram para o endereço indicado, na Rua Reinoldo Scheffer, e tentaram abordar Cristiano Ferreira Alcântara, de 28 anos, vulgo “Tiano”.

Armado com um revólver, “Tiano” não obedeceu a ordem de abordagem e atirou contra a equipe. No revide, ele foi alvejado e não resistiu aos graves ferimentos.

O óbito foi constatado por socorristas do SAMU.

O quarto do hotel, onde o confronto aconteceu, ficou isolado e foi periciado pela Criminalística.

O confronto que terminou com a morte de Cristiano Ferreira Alcântara, vulgo “Tiano”, aconteceu em um quarto de hotel, na região central de Matinhos – Foto Ilustrativa

No local foi recolhido um revólver calibre .38, com três munições intactas e duas deflagradas, uma porção de maconha e certa quantia em dinheiro trocado.

Uma tornozeleira eletrônica, enrolada em papel alumínio, também foi apreendida.

O corpo de Cristiano Ferreira Alcântara foi encaminhado para a sede do IML – Instituto Médico Legal de Paranaguá, onde passou por exames complementares.

OPERAÇÃO SAMBAQUI

Durante o cumprimento dos mandados judiciais, expedidos pela Comarca de Matinhos, policiais civis e militares que participaram da Operação Sambaqui apreenderam quase meio milhão de reais, quatro revólveres, uma pistola, duas espingardas, um simulacro e mais de 20 celulares.

Também foram recolhidas e encaminhadas para a Delegacia Cidadã, quase dois quilos de crack, seis quilos de maconha e um de cocaína.

Dezenove pessoas foram presas e três suspeitos morreram em confrontos com equipes da Polícia Militar.

Armas, drogas, munições, material para preparar e embalar entorpecentes, celulares e quase meio milhão de reais foram apreendidos pela polícia