conecte-se conosco

Polícia

Casal é alvo de atentado a tiros no Emboguaçu

O casal estava dentro de um carro, perto da casa onde morava, no Emboguaçu, quando foi surpreendido por dois homens encapuzados e armados

Publicado

em

Jhennyfer Araújo Neves, de 26 anos, e Bruno José Amâncio, de 32 anos, foram surpreendidos por dois homens armados, enquanto conversavam dentro de um carro, por volta das 20h30 de sexta-feira, 28, na região conhecida como Estrada do Correia Velho, ao lado da linha férrea que passa pelo bairro Emboguaçu, em Paranaguá.

ENCAPUZADOS

De acordo com testemunhas, os assassinos estavam usando toucas balaclavas (ninja) e se aproximaram das vítimas caminhando pelos trilhos. Após os disparos, a dupla fugiu correndo.

Bruno e Jhennyfer teriam saído de casa e estavam parados na via, dentro do Fiat Uno, cor vinho, quando foram alvejados. Pelo menos 15 tiros foram disparados na direção do casal.

Acionadas, duas equipes do SAMU – Serviço de Atendimento Móvel de Urgência atenderam as vítimas.

O casal recebeu os primeiros atendimentos ainda dentro do carro e logo em seguida, foi encaminhado para a emergência do Hospital Regional. Gravemente ferido, Bruno não resistiu.

Atingida por vários disparos, Jhennyfer segue internada na unidade hospitalar. 

Bruno José Amâncio alvejado por vários tiros morreu no Hospital Regional. Sua companheira, Jhennyfer Araújo Neves, também baleada, segue internada

ESTOJOS

Policiais militares que registraram a ocorrência recolheram vários estojos de munição calibre .380. O material estava espalhado perto do carro onde o casal estava e junto a linha férrea. Os estojos foram entregues no plantão da Polícia Civil. 

IML

O corpo de Bruno, que tinha indicativo criminal, foi encaminhado para a sede do IML – Instituto Médico Legal de Paranaguá, onde vai passar por exames complementares. 

2.º HOMICÍDIO

Este foi o segundo homicídio registrado em Paranaguá em 2022. No litoral são 11 casos.