Connect with us

Paranaguá 372 anos

Paranaguá é marcada por um Porto que não para

Atividade portuária faz parte da história e das conquistas da cidade

Publicado

em

Além das suas riquezas históricas e culturais, o nome de Paranaguá é amplamente conhecido pelo seu potencial logístico com a presença de um dos principais portos do País. O Porto de Paranaguá faz parte da história e das conquistas da cidade, atingindo recordes ano após ano e projeção nacional e internacional.

Este ano começou com um desafio a mais para a Portos do Paraná: implantar ações de prevenção à Covid-19, doença que muitos acreditavam que chegaria à cidade pelos navios de bandeira internacional que atracam na região.

Administração portuária foi modelo para o Brasil ao adotar medidas de prevenção ao novo Coronavírus (Foto: Claudio Neves/Portos do Paraná)

Mas, pelo contrário, a Covid-19 não chegou pelo porto e a administração portuária foi modelo para o Brasil, em virtude das medidas adotadas desde o início da pandemia. “Diante de todas as adversidades que vimos enfrentando este ano, foram necessários muitos ajustes e, principalmente, a colaboração de toda a comunidade portuária. Os recordes são resultados de ajustes operacionais, em especial de toda a operação e estrutura preparadas – em atenção e cuidado com a saúde dos nossos trabalhadores, o que nos permitiu não parar. Fomos dos primeiros portos do País a implantar uma série de medidas de informação, orientação e prevenção”, afirmou o diretor-presidente da Portos do Paraná, Luiz Fernando Garcia.

Segundo ele, essa preocupação gerou segurança para aqueles que operam na cidade. “O nosso desempenho e o nosso trabalho, digo nosso, de toda a comunidade portuária, geram credibilidade para o mercado”, completou Garcia.

Aproximação com a cidade

O Porto de Paranaguá tem procurado se aproximar da cidade e da administração municipal. “É essa parceria que faz com que ambos, Porto e Cidade, se desenvolvam juntos. Essa colaboração para que o litoral, Paranaguá, se desenvolva junto com a gente foi a primeira e mais importante missão que o governador Ratinho Júnior nos passou no início da gestão. E é o que estamos fazendo”, disse Garcia.

(Foto: José Fernando Ogura/AEN)

Além disso, também houve investimentos na infraestrutura, a fim de contribuir com a vida dos parnanguaras e com o desenvolvimento da cidade. “Podemos destacar algumas ações como as obras dos trapiches da Ilha do Mel, que estão em andamento; a finalização do viaduto Nelson Buffara; a conclusão da Avenida Bento Rocha; além de todos os programas de gestão ambiental, ações socioambientais que desenvolvemos, as quais geram impactos diretos na qualidade de vida da população”, destacou Garcia.

Neste ano, a empresa pública Portos do Paraná está quitando todas as pendências fiscais com o município. “Zerar os débitos e ficar em dia com os pagamentos é uma forma de retribuir financeiramente com a cidade e mostrar respeito com a comunidade que acolhe a estrutura portuária. A receita que a atividade portuária gera para Paranaguá impacta diretamente na receita do município que, por sua vez, investe na cidade. Além das obras que mencionei na questão anterior, o Porto movimenta a vida de quem é daqui, com renda e com trabalho”, ressaltou Garcia.

Potencial econômico

Luiz Fernando Garcia, diretor-presidente da Portos do Paraná

Os recordes obtidos e a aproximação com a cidade mostram que as ações têm dado certo e revelam o potencial econômico que o porto representa. “Paranaguá é a cidade mais antiga do Estado, a mais importante da região. Aqui tem o Porto, grande propulsor do desenvolvimento de todo o Paraná. Aqui tem uma beleza natural incrível, com grande potencial turístico e cultural. Aqui tem um povo trabalhador. Se seguirmos da maneira como estamos desenvolvendo essa parceria, Porto e Cidade, só temos que esperar desenvolvimento para o futuro. Vamos seguir trabalhando para isso. Para que Paranaguá seja reconhecida por cada conquista e resultado que o Porto alcança. Afinal, não alcançamos sozinhos e o Porto é daqui! O Porto é de Paranaguá”, salientou Garcia.

O diretor-presidente da Portos do Paraná finalizou deixando uma mensagem para os 372 anos de Paranaguá.

“Que a cidade berço do Paraná possa seguir acolhendo o Porto, os navios que chegam para aqui atracar e operar; os navios que partem levando as riquezas do Estado, do Brasil para o mundo. E que a cidade possa seguir, sendo sempre lembrada a cada operação nossa, a cada recorde que alcançamos, a cada resultado superado. Nosso muito obrigado e parabéns para Paranaguá e para todos os parnanguaras”, concluiu Garcia.

Foto: AEN/PR