Connect with us

Meio Ambiente

Projeto tem programação adaptada por conta da pandemia

Objetivo é incentivar a população a visitar os parques e as belezas naturais do Paraná (Foto: Sedest)

Publicado

em

projeto Um Dia no Parque

O projeto Um Dia no Parque começou no domingo, 18, em seis Unidades de Conservação (UCs) do Paraná, com atividades diferenciadas de conscientização ambiental. A ação é do Instituto Água e Terra (IAT), órgão vinculado à Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, em parceria com a Rede Pró-UC, a Coalizão Pró-Unidades de Conservação e apoio da Águas Ouro Fino.

O objetivo é incentivar a população paranaense a visitar os parques e as belezas naturais do Estado a fim a mostrar que é possível praticar diversas atividades de lazer enquanto se auxilia na preservação do meio ambiente.

Para garantir a segurança da população e manter o funcionamento das atividades, que já ocorrem há 3 anos no Paraná, a programação do Um Dia no Parque passou por adaptações. Este ano, a maior parte da dinâmica foi on-line, com um festival de shows, exibição de curta-metragem e palestras.

Além disso, das seis UCs selecionadas, três contaram com a participação da sociedade: os Parques Estaduais Ilha do Mel (Litoral), Serra da Esperança (Guarapuava) e Vale do Codó (Jaguariaíva).

Foto: Sedest

Outras três Unidades de Conservação na Região Metropolitana de Curitiba e Serra do Mar receberam as atividades apenas pela equipe do IAT e voluntários da Federação Paranaense de Montanhismo, Clube Paranaense de Montanhismo e Movimento SOS Casa do Ipiranga: o Pico Marumbi, Serra da Baitaca e Pico Paraná.

Elas estão fechadas para visitação devido ao alto risco de incêndio florestal e crise hídrica do Estado. A limpeza é uma preparação dos locais para receber os turistas após a estiagem.

“Os parceiros foram fundamentais nessa limpeza, prestando todo o apoio às equipes do IAT e fornecendo materiais de segurança, além de água”, afirmou o diretor de Patrimônio Natural do IAT, Rafael Andreguetto.

Presencial

O secretário do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Márcio Nunes, participou da limpeza da Ilha do Mel no domingo, 18. De acordo com ele, o Paraná é um exemplo na conservação do meio ambiente.

“Encontramos bastante lixo, como espuma e plástico. Queremos que a população usufrua as belezas dos Parques Estaduais, que são patrimônios ricos do nosso Estado, mas é preciso conscientização para não jogar lixo no meio ambiente”, disse.

Nos parques com adesão do público, todos os participantes tiveram acesso a sacos de plástico reforçados e luvas descartáveis para participar do mutirão de limpeza e manutenção de trilhas.

“A ideia em fazer ações também nos parques fechados devido à estiagem é mostrar que estamos cuidando e nos preocupando em preparar as UCs para quando estiver liberada a visitação”, acrescentou o secretário.

Foto: Sedest

Projeto

O projeto Um Dia no Parque é de abrangência nacional e segue os moldes do Park Day, dos Estados Unidos. No Paraná, ele acontece desde 2018, quando o Parque Estadual Mata dos Godoy, localizado em Londrina, recebeu visitantes para integrar a atividade. Nas redes sociais, a interação é promovida pela hashtag #UmDiaNoParque.

IAT relança programa de voluntariado nos Parques Estaduais

No domingo, 18, também foi relançado o Programa de Voluntariado nas Unidades de Conservação do Paraná. Podem participar todos os cidadãos com mais de 18 anos e que tenham interesse em colaborar com a manutenção, conservação e participação nas atividades administrativas das reservas naturais do Estado.

“O objetivo é dar a oportunidade a quem se interessa a apoiar as Unidades de Conservação em diversas atividades: recepção e no uso público ao turista; manejo de trilhas; combate e prevenção a incêndios; resgate de faunas; entre outras ações administrativas”, disse Andreguetto.

O IAT se responsabilizará também por fornecer aos voluntários seguro de vida e acidentes durante a realização das atividades; certificado de participação; colete para identificação dos voluntários; alojamento (quando houver necessidade); material para orientação do voluntário quanto às atividades a serem desenvolvidas em cada UC e sua estrutura; transporte e alimentação, a depender da ação a ser desenvolvida.

Para se inscrever, basta preencher o formulário no site do IAT, o www.iat.pr.gov.br, escolher a Unidade de Conservação e a área que deseja atuar.

Fonte: AEN