conecte-se conosco

Meio Ambiente

Golfinho é encontrado encalhado e morto na Ilha do Mel

Equipe do LEC da UFPR foi acionada e fez o resgate da carcaça para necropsia

Publicado

em

Na tarde de quinta-feira, 22, o Laboratório de Ecologia e Conservação (LEC) da Universidade Federal do Paraná (UFPR), foi acionado na Ilha do Mel, em Paranaguá, para apurar o encalhe e morte de um golfinho-nariz-de-garrafa (Tursiops truncatus) em praia da localidade. A carcaça do animal estava em estágio avançado de decomposição. Uma necropsia será feita no golfinho para apurar as condições de saúde do animal, bem como do meio ambiente onde ele vivia. 

“Nossa equipe fez o resgate do animal de 2,95 metros e encaminhou a carcaça em estágio avançado de decomposição até o Centro de Reabilitação, Despetrolização e Análise da Saúde da Fauna Marinha para a realização de biometria e demais atividades relacionadas à necropsia e coleta de materiais biológicos”, informa a assessoria.

Segundo o LEC, a ação faz parte do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) que atua realizando tanto resgate de animais vivos como de animais mortos encalhados nas praias brasileiras e do litoral paranaense.

Importância da necropsia

O golfinho passará por uma necropsia pelos profissionais do LEC da UFPR. Segundo a universidade, o instrumento é importante em torno da pesquisa e conservação. “Por meio deste procedimento conseguimos coletar amostras para diversos tipos de exames e avaliar as condições de saúde do animal e mesmo do ambiente onde o animal vivia (o oceano)”, relata.

“No entanto, destacamos que nem todos os animais encalhados na praia sem vida são necropsiados, pois como protocolo do PMP-BS a necropsia é realizada em animais em estágio inicial e moderado de decomposição, ou para o encalhe de espécies que claramente tiveram interação com atividades humanas, ou que não são frequentes nas diferentes regiões de atuação do projeto”, esclarece a UFPR.

PMP-BS

A ação faz parte do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS), que é uma atividade desenvolvida para o atendimento de condicionante do licenciamento ambiental federal das atividades da Petrobras de produção e escoamento de petróleo e gás natural na Bacia de Santos, conduzido pelo Ibama. “O projeto tem como objetivo avaliar possíveis impactos das atividades de produção e escoamento de petróleo sobre as aves, tartarugas e mamíferos marinhos, através do monitoramento das praias e atendimento veterinário aos animais vivos e necropsia dos encontrados mortos”, esclarece a assessoria.

“O PMP-BS é realizado desde Laguna (SC) até Saquarema (RJ), sendo dividido em 15 trechos. O Laboratório de Ecologia e Conservação da Universidade Federal do Paraná (LEC/UFPR) é responsável por monitorar e avaliar os encalhes no Trecho 6, abrangendo os municípios de Guaratuba, Matinhos, Paranaguá, Pontal do Paraná e Guaraqueçaba (PR)”, finaliza a UFPR.

Com informações do LEC da UFPR

Foto: LEC/UFPR – Divulgação

Em alta

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.