Connect with us

Marinha do Brasil

Marinha do Brasil participa de campanha de doação de sangue em Paranaguá

Ação contribui com manutenção do estoque de sangue

Publicado

em

Militares da Capitania dos Portos do Paraná (CPPR) e do Serviço de Sinalização Náutica do Sul-Sudeste (SSN-8) realizaram, no início do mês, uma campanha de doação de sangue em Paranaguá, contribuindo com a manutenção do estoque de sangue que abastece o litoral paranaense.

A doação fez parte das comemorações dos 40 anos de ingresso das mulheres na Marinha. No mesmo dia, em julho de 1980, foi promulgada a Lei n.º 6.807 que criou o Corpo Auxiliar Feminino da Reserva da Marinha (CAFRM), tornando a Marinha pioneira na participação das mulheres nas fileiras das Forças Armadas. O ingresso das mulheres na Marinha constituiu um marco de grande repercussão na sociedade brasileira.

A doação de sangue de militares da CPPR e do SSN-8 ocorreu na Unidade de Coleta e Transfusão (UCT) do Centro de Hematologia e Hemoterapia do Paraná (Hemepar). Desde o início da pandemia, devido à adoção de medidas de isolamento social e restrições de mobilidade urbana, o Hemepar está com número reduzido de doações, comprometendo a capacidade da instituição em atender à demanda de hospitais por plasma sanguíneo. Devido ao baixo estoque, as Organizações Militares da Marinha do Brasil, sediadas em Paranaguá, mobilizaram-se para realizar a doação.

Da Assessoria da Capitania – Foto: Capitania dos Portos do Paraná