Connect with us

Esportes

Parnanguara é destaque nacional no basquete

Kauê Martins já conquistou títulos estaduais e nacionais

Publicado

em

Kauê Martins Delgado tem 18 anos e possui uma trajetória de destaque no esporte. Natural de Paranaguá, aos 14 anos foi residir em Curitiba, onde sua carreira de atleta deslanchou.

O bom desempenho obtido nas quadras é algo que corre em suas veias. Isso porque ele vem de uma família envolvida com o basquete.

“Aos oito anos de idade, eu era uma criança obesa. Iniciei no esporte em Paranaguá, mas acabei desistindo e, aos 13 anos, tentei novamente e tive como treinadores Adelino Olmo e Carla Olmo, a partir daí percebi que isso seria o que desejava fazer para o resto da vida”, recorda.

Aos 14 anos, veio a surpresa. Recebeu de sua mãe (Elen Martins) e sua avó materna (Lucigley Cunha), com quem morou a maior parte de sua vida, a notícia de que iriam morar em Curitiba. Mesmo assustado com a novidade, Kauê encarou a mudança como uma maneira de dar continuidade ao seu sonho de ser um atleta de ponta.

Ainda muito acima do peso ideal para um atleta, com a ajuda de seu tio (Dinancor Cunha “Tio Igor”), Kauê conseguiu uma vaga no time da cidade de São José dos Pinhais com o técnico Adilson. Logo após, conseguiu ingressar no Tittãs Basketball, já na capital do Estado, com o técnico Beto Souza, que ensinou técnicas mais aprimoradas do basquete.

Conquistas

Durante sua trajetória no Tittãs, participou de uma peneira em um clube que desejava muito representar: o Círculo Militar do Paraná. Depois de algumas fases conseguiu a tão famosa vaga e com ela inúmeras conquistas, sendo algumas delas: Bicampeão da Taça Paraná (técnicos: Alexandre Pessoa e Cleverson Gomes); Campeão Sul-Americano na Argentina (técnicos: Alexandre Pessoa e João Lazier); vice-campeão Estadual (técnico: Cleverson Gomes); bicampeão Metropolitano (técnicos: Alexandre Pessoa e Daniel Lazier).

Campeão da Taça Paraná pelo Circulo Militar

Após tantos títulos, Kauê Martins recebeu um convite para representar a cidade de Curitiba por dois anos seguidos com jogadores mais velhos. Experiência que rendeu muito aprendizado.

Nos Jogos da juventude representou Ponta Grossa

Atualmente com 2,03m de altura, Kauê é o pivô do Curitiba Monsters/Sociedade Thalia com o técnico Adair Rocha e Fábio Pellanda. De acordo com a assessoria do atleta, todos esses resultados são provenientes da disciplina e mudanças da estrutura física, além da ajuda de muita gente, mas principalmente da família. “Correr muito atrás do seu sonho, suar e continuar lutando faz com que Kauê Martins seja não só um ótimo exemplo, mas um orgulho”, define Caroline Martins, a qual atua na assessoria do atleta.

Nos Jogos da juventude representou Ponta Grossa