conecte-se conosco

Educação

Secretaria de Educação lança aplicativo para oferecer apoio psicológico aos professores

Desde a sexta-feira, 24, todos os professores, diretores, pedagogos e funcionários de colégios da rede podem utilizar o aplicativo gratuitamente para agendar e fazer teleconsultas com um psicólogo

Publicado

em

Fotos: Lucas Fermin/Seed-Paraná

Profissionais da rede estadual de ensino do Paraná contam, agora, com um aplicativo de telessaúde que oferece atendimento psicológico on-line. A plataforma, chamada Bem Cuidar, é uma iniciativa da Secretaria de Estado da Educação e do Esporte (Seed-PR) em parceria com a Universidade Estadual de Londrina (UEL).

Desde a sexta-feira, 24, todos os professores, diretores, pedagogos e funcionários de colégios da rede podem utilizar o aplicativo gratuitamente para agendar e fazer teleconsultas com um psicólogo. O serviço contempla tanto os profissionais do Quadro Próprio do Magistério (QPM) quanto os temporários (do PSS), e também é oferecido a servidores que atuam na Seed-PR e nos Núcleos Regionais de Educação.

Educação lança aplicativo para oferecer apoio psicológico aos professores

O atendimento é feito por 20 psicólogos selecionados pela UEL. Os profissionais também podem fazer encaminhamentos a psiquiatras, de acordo com a necessidade do paciente.

“Com a pandemia, o número de afastamentos por doenças da mente aumentou. Esse retorno presencial foi difícil para muita gente. Essa foi a nossa principal motivação”, disse Taciana Fenili de Santana, chefe de Recursos Humanos da Seed-PR, durante o evento de lançamento do aplicativo. A solenidade aconteceu na sexta-feira, 24, no Canal da Música, em Curitiba.

O resultado esperado são a redução de casos de ansiedade e estresse entre professores, proporcionando melhores condições de trabalho e, consequentemente, menos afastamentos. “O professor ganha qualidade de vida, e os estudantes ganham professores saudáveis emocionalmente”, afirmou Taciana.

A fase de testes do aplicativo começou em maio, em dois Núcleos Regionais da Educação (de Foz do Iguaçu e Toledo, no Oeste), expandindo a oferta gradativamente. Nas fases finais de teste, no mês de junho, a plataforma alcançou 980 cadastros. Agora, a ferramenta está disponível para 80 mil profissionais da educação da rede estadual. A partir do segundo semestre, tem início um estudo para avaliar as possibilidades de oferta de atendimento aos alunos.

“Queremos fomentar um ambiente escolar mais saudável. Estamos discutindo com o Conselho Federal de Psicologia e outros atores sobre qual é a melhor forma de atender os nossos alunos, garantindo a qualidade desse serviço”, disse Vinicius Neiva, diretor-geral da Seed.

Como Utilizar

O Bem Cuidar está disponível no Google Play e na Apple Store. Após o download do app no smartphone, é preciso fazer um rápido cadastro e solicitar atendimento com um dos psicólogos disponíveis.

A sessão pode ser agendada para até uma semana após a solicitação. O professor, então, deve se conectar à plataforma no dia e horário estabelecidos para a sessão online. Durante o atendimento, o profissional deixará agendado o próximo encontro.

Presenças

Participaram do evento de lançamento do Bem Cuidar o secretário estadual da Educação, Renato Feder; o superintendente-geral de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Aldo Nelson Bona; a coordenadora do projeto Bem Cuidar, representando a UEL, Daniela Frizon Alfieri; o chefe da Coordenadoria de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Marcos Aurélio Pelegrina; a representante do Conselho Estadual de Educação, Christiane Kaminski; o presidente do Instituto Fundepar, Marcelo Pimentel Bueno; além de representantes de universidades estaduais, da Seed-PR, de Núcleos Regionais de Educação e de colégios de Curitiba e da Região Metropolitana.

Fonte: AEN