Connect with us

Educação

Escolas estaduais entregam kits de merenda hoje

A entrega dos alimentos foi regulamentada por Decreto Estadual

Publicado

em

Na sexta-feira, 14, as 2.143 escolas estaduais do Paraná entregam os kits de merenda para as famílias dos 231 mil alunos beneficiários do Bolsa Família, além do material impresso para aqueles estudantes que estão com dificuldade de acesso às plataformas on-line para as aulas a distância. Desde o início da pandemia, esta é a 11.ª distribuição.

As escolas fazem as entregas simultâneas. Os estudantes que retiram material impresso são aqueles que possuem dificuldade de acesso ao aplicativo Aula Paraná, YouTube, Google Classroom e que, eventualmente, não têm acesso às aulas transmitidas pela TV aberta.

“Aproveitamos a data da entrega das merendas para também atender os alunos que estão retirando material impresso. Entregamos a eles os conteúdos, tiramos dúvidas, e quando necessário fazemos correções de alguns exercícios”, explica a diretora do Colégio Estadual Yvone Pimentel, em Curitiba, Maira Hara.

A entrega faz parte de um dos pilares em que a Secretaria de Estado da Educação do Esporte tem se baseado para levar educação a todos neste período de pandemia. “Atuamos por meio de cinco bases. TV aberta, YouTube, aplicativo Aula Paraná, Google Classroom e material impresso”, explica o secretário da Educação Renato Feder.

Kits de Merenda

Os kits de merenda são enviados para as escolas por meio do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Educacional (Fundepar). Cada escola recebe a quantidade correspondente ao número de alunos matriculados. Quando esses alimentos chegam à escola, o diretor tem a autonomia para preparar os kits e distribuí-los conforme a demanda da comunidade.

Decreto

A entrega dos kits foi regulamentada pelo Decreto n.º 4.316/2020, do Governo do Estado, e pela Resolução n.º 901/2020, da Secretaria de Estado da Educação e do Esporte. Ela ocorre quinzenalmente em todas as escolas estaduais do Paraná. Os kits são montados com os alimentos que seriam utilizados para a produção da merenda dos alunos da rede e são destinados para as famílias em situação de maior vulnerabilidade neste momento.

Fonte: AENPR – Foto: Gilson Abreu/AEN