conecte-se conosco

Educação

Aulas presenciais no litoral têm retorno gradativo previsto para 24 de maio

Na região há 61 instituições de ensino e 33.366 alunos matriculados

Publicado

em

O Governo do Estado, através da Secretaria de Educação, informou que a rede estadual de ensino do Paraná tem, a partir de 10 de maio, uma volta gradativa às aulas presenciais. O retorno acontece paralelamente à vacinação dos profissionais da Educação, programada para ocorrer este mês, simultaneamente à das pessoas com comorbidades. As atividades dentro das escolas estavam suspensas desde março do ano passado e há a possibilidade desta volta às aulas acontecer no dia 24 de maio nas instituições de ensino presentes no litoral.

“Se hoje alguma escola do litoral quer retornar com atividades presenciais, ela só poderá a partir do dia 24 de maio para que toda a conversa e visitas às escolas sejam feitas para verificar se está tudo correto em relação à biossegurança, para que seja uma coisa séria e organizada e se estabeleçam prioridades e organização na escola”, informou a professora Liliana Kffuri, chefe do Núcleo Regional de Educação (NRE).

No litoral do Paraná, há 61 instituições de ensino e 33.366 alunos matriculados na rede estadual. De acordo com o NRE, neste momento, nenhuma instituição de ensino retornará com aulas presenciais no dia 10 de maio, apenas outros colégios instalados no Paraná. “Nós já estamos conversando com os diretores das escolas, mas as instituições de ensino que estão retornando com atividades presenciais estão voltando junto com as secretarias municipais de educação, ou seja, o município está voltando e o estado está voltando junto. Aqui nos sete municípios do nosso litoral nenhuma secretaria informou que vai retornar no dia 10, mas acredito que logo isso aconteça”, relatou.

O NRE realizou uma reunião com os diretores dos colégios estaduais para começar a alinhavar o retorno às aulas. “De repente dos programas do Mais Aprendizagem, da Sala de Recurso e os diretores estão vendo com suas comunidades escolares como farão este retorno, se farão gradativo, ou seja, apenas algumas turmas. Então, ficou a critério de cada diretor esse retorno. Por isso, é muito importante a ida dos pais às escolas e que preencham o documento de retorno do seu filho e, automaticamente, o Governo do Estado saberá a quantidade de alunos que poderá ter no modelo híbrido”, explicou a professora Liliana, dizendo que os alunos que optarem e têm dificuldade de acesso a equipamentos eletrônicos poderão permanecer no modelo presencial.

“Levaremos em torno de 1 a 2 anos ou talvez até mais para retomar essa questão do conhecimento do aluno. Nós compreendemos os pais, estamos em conversas com o Ministério Público e queremos uma escola pública de qualidade que é isso que os nossos alunos merecem”, completou a chefe do NRE.

Modelo Híbrido

Nas escolas que reabrirão para atividades presenciais (cerca de 200, na primeira fase de abertura), será adotado o modelo híbrido de ensino, ou seja, parte dos alunos assistirá às aulas presencialmente, em sala de aula, enquanto a outra parte acompanhará remotamente, vendo as aulas ao vivo. Para isso, as salas de aula estão equipadas com computadores e Internet, possibilitando que os professores interajam com ambos os grupos de estudantes. No litoral, esse modelo híbrido será, também, adotado quando houver o retorno das atividades presenciais.

Prevenção

As instituições de ensino seguirão um protocolo de segurança, garantindo distanciamento de 1,5 metro entre os estudantes, disponibilizando álcool em gel, reforçando a obrigatoriedade do uso de máscara e aferindo a temperatura de alunos e funcionários na entrada do colégio. Distanciamento, uso de máscara e aferição de temperatura também são regras dentro do transporte escolar.

O retorno presencial não é obrigatório. Pais, mães ou responsáveis legais que desejem o retorno dos estudantes devem assinar um termo de autorização a ser entregue na instituição de ensino. Os alunos que optarem por não ir às aulas presencialmente continuarão no ensino remoto (que inclui as plataformas digitais do Aula Paraná, videoaulas no YouTube e TV aberta, além do kit pedagógico impresso), que acontece desde o início deste ano letivo, em 18 de fevereiro.

Em alta

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.