conecte-se conosco

Cultura

Professora relata inspiração para o livro Portal de Ferro – O amor através do tempo

Vera Prange lecionou por mais de 40 anos em Paranaguá

Publicado

em

A professora e escritora Vera Prange, publicou o livro Portal de Ferro – O amor através do tempo em 2011. Ela lecionou por mais de 40 anos em escolas e faculdades em Paranaguá e tem muitos alunos formados. Com inspiração no mistério pós-vida, ela contou como foi escrever o livro e afirmou que possui outra obra em andamento, na qual aborda a mesma temática.

Vera se graduou em Letras Neolatinas pela Faculdade Estadual de Filosofia, Ciências e Letras de Paranaguá (1970) e tem mestrado em Educação pela Universidade Internacional de Lisboa (2005). Atuou, recentemente, como professora do Instituto Superior do Litoral do Paraná (Isulpar). Tem várias participações em publicações literárias do Centro de Letras Leôncio Correia, em Paranaguá, nos gêneros conto e crônica.

“Fiz parte do Centro de Letras porque sempre gostei de escrever, mas sempre escrevi crônicas, tenho várias publicadas. Sempre gostei do mistério do pós-vida, não sou espírita, mas sou espiritualista, acho que temos uma alma e que essa alma perdurará. Sempre tive curiosidade, embora nunca tenha tido comprovação. Justamente por essa curiosidade e crença na nossa parte espiritual é que eu escrevi esse livro Portal de Ferro, que aborda esse assunto de uma outra vida. No livro, a personagem principal reencontra a primeira vida dela nos porões de um palacete antigo”, relatou Vera.

O livro na versão física e o e-book estão à venda no site Clube de Autores.

Carreira 

Vera lecionou, até o início da pandemia de Covid-19 e consequente necessidade de suspensão das aulas presenciais, nos cursos de Direito e Administração do Isulpar, em Paranaguá. “Para mim escola é congregação, por isso pedi afastamento”, explicou.

Segundo ela, a produção literária continua. “Estou escrevendo um novo livro também pensando nessa questão da espiritualidade e mistério pós vida. Escrever para mim é um momento de prazer, não faço disso um compromisso, é o prazer e o lazer da alma”, ressaltou Vera.