conecte-se conosco

Coronavírus

Paraná ultrapassa marca de 9 milhões de pessoas imunizadas contra Covid-19

Estado está bem próximo de 80% da população geral imunizada

Publicado

em

Foto: Gilson Abreu/AEN

Com 23.422.239 doses aplicadas, o Paraná ultrapassou na sexta-feira, 1.º, a marca de mais de 9 milhões de pessoas com ciclo vacinal primário completo, ou seja, que tomaram duas doses ou a dose única da vacina. De acordo com dados do Vacinômetro nacional, a segunda dose foi levada ao braço de 8.762.384 paranaenses, enquanto a dose única foi aplicada 331.436 vezes. Ao todo, 9.093.820 habitantes completaram o ciclo vacinal.

Com esse número, o Estado está bem próximo de 80% da população geral imunizada e protegida contra as formas mais graves da doença. De acordo com o consórcio dos veículos de imprensa, é um dos mais adiantados do Brasil nessa condição. Se levar em consideração apenas a população vacinável, com mais de 5 anos, são mais de 80%.

As cidades que mais vacinaram, em números absolutos de doses aplicadas, foram Curitiba, Londrina, Maringá, Cascavel , Ponta Grossa, Foz do Iguaçu, São José dos Pinhais e Colombo. 

A segunda dose mais aplicada foi AstraZeneca, seguida por Pfizer e CoronaVac. Elas percorrem todas as faixas etárias indicadas no Programa Nacional de Imunizações. A dose única da Janssen se concentra na população de 35 a 44 anos, além dos profissionais do transporte e caminhoneiros, priorizados na chegada do imunizante.

Segundo o Vacinômetro, 170 mil pequenos paranaenses de 5 a 11 anos já receberam a segunda dose da vacina pediátrica, enquanto mais de 500 mil receberam a primeira. Apenas neste ano, o Estado registrou 641.886 aplicações dos imunizantes contra Covid-19, sendo 299.930 em janeiro, 132.697 em fevereiro e 217.729 em março.

FASE ATUAL

Com todas as vacinas amplamente disponíveis em todos os 399 municípios, o Paraná convoca neste momento a população para a imunização com terceira dose (deve ser tomada quatro meses após a segunda), o que já alcançou 4,2 milhões de pessoas, e a população acima de 80 anos e imunossuprimidos para a quarta dose, ou dose adicional, em campanha que deve ocorrer concomitantemente à vacinação contra a gripe.

Fonte: AEN