Connect with us

Coronavírus

Mercados municipais voltam a funcionar em Paranaguá

Mercado do Café está funcionando de segunda-feira a domingo, das 6h às 18h

Publicado

em

MAE e Aquário seguem com visitação paralisada 

Desde a sexta-feira, 29, a Prefeitura de Paranaguá, através do Decreto N.º 2012/2020, autorizou a reabertura dos mercados municipais de segunda-feira a domingo em horários definidos, desde que seguindo regras de distanciamento social, higienização e uso de máscaras para prevenção ao novo Coronavírus. O Museu de Arqueologia e Etnologia (MAE) da Universidade Federal do Paraná (UFPR) e o Aquário de Paranaguá seguem com visitação paralisada por tempo indeterminado.

De acordo com o decreto, de segunda a domingo, os prédios públicos poderão abrir nos seguintes horários: Mercado do Café (6h às 18h), Mercado Nilton Abel de Lima (8h às 22h), Mercado do Peixe (8h às 18h) e Mercado do Artesanato (8h às 18h). “O funcionamento está condicionado ao atendimento a todas as regras sanitárias estabelecidas neste decreto e nos decretos anteriores”, informa o município. 

Segundo a prefeitura, o isolamento social segue sendo a principal forma de achatar a curva de proliferação do Coronavírus em Paranaguá. Idosos, crianças de 0 a 12 anos, pessoas com doenças crônicas e/ou respiratórias, gestantes, puérperas e lactantes, devem permanecer em isolamento domiciliar no município.

“O nosso objetivo sempre foi e sempre será salvar vidas do povo de Paranaguá. Tenho minha responsabilidade de salvar vidas no município, sem politicagem, mas sempre respeitando principalmente a ciência e nossos profissionais de saúde”, ressalta o prefeito Marcelo Roque, destacando que a reabertura foi feita com respeito às orientações da Secretaria de Saúde. 

MAE e Aquário

No Mercado do Artesanato, trabalhadores locais tentam recuperar prejuízo

Segundo a assessoria do MAE, o museu segue fechado para visitação, visto que é vinculado a um órgão federal autônomo, que é a UFPR. “O MAE só reabrirá depois de portaria específica da reitoria. A princípio, não há expectativa alguma de que isso ocorra no primeiro semestre”, acrescenta. 

Segundo o último informe divulgado, o Aquário de Paranaguá segue fechado para visitação pública, algo que ocorre desde o dia 28 de março. “O fechamento do Aquário requer um trabalho diferente, por conta da existência de animais sob cuidados humanos. Esses animais necessitam de cuidados intensivos e diários, para que a água de seus viveiros seja purificada e que exigências como temperatura corporal, abrigo e outras necessidades sejam prontamente atendidas”, acrescenta.

A assessoria afirma que a manutenção do espaço envolve gastos elevados e constantes. “Relutamos ao máximo em tomar a iniciativa de fechar nossa Instituição, pois o Aquário de Paranaguá é gerenciado pela iniciativa privada e custeado totalmente pelos ingressos pagos pelos nossos visitantes. Entretanto, é necessário que todos estejam cientes do nosso compromisso com a segurança e bem-estar de nossos animais, e para tal, montamos equipes de manejo que estarão presentes com a missão de manter a qualidade da água, das condições de cativeiro, alimentação e bem-estar dos animais”, finaliza o Aquário.