conecte-se conosco

Coronavírus

Guaraqueçaba oficializa flexibilização do uso de máscaras em locais abertos e fechados

Utilização prossegue obrigatória para pessoas com sintomas respiratórios

Publicado

em

Foto: Arquivo

Na quarta-feira, 13, a Prefeitura de Guaraqueçaba divulgou que entrou em vigência o Decreto Municipal n.º 475/2022, seguindo medida já adotada pelo Governo do Estado e pelos municípios litorâneos, flexibilizando o uso de máscaras em locais abertos e fechados. A administração municipal manteve a obrigatoriedade do uso do item de proteção em estabelecimentos de saúde, bem como para pessoas que apresentem sintomas respiratórios e profissionais da saúde que atuam nesses locais.

“Passamos por um longo período de pandemia onde tivemos perdas irreparáveis de entes queridos e prejuízos socioeconômicos enormes. Finalmente estamos afrouxando as medidas restritivas, retomando aos poucos a vida que tínhamos, vendo as famílias se reunindo, as crianças na escola, o turismo e comércio funcionando”, afirma a prefeita, Lilian Ramos Narloch.

A gestora ressaltou que a pandemia trouxe lições em torno do cuidado contínuo com a doença. “Uma das lições é que precisamos ter a responsabilidade de continuar nos prevenindo para que esse vírus nunca mais volte a circular em Guaraqueçaba”, ressalta Narloch.

O decreto reforça que é dever do município assegurar o direito à saúde da população, relembrando o Decreto Municipal n.º 2.934/2020, que declarou situação de emergência em saúde pública em Guaraqueçaba. O texto normativo reforçou que o Governo do Estado “editou normas para a utilização de máscaras apenas nos serviços de saúde e em casos de recomendações sanitárias”, destaca.

O artigo 1.º destaca que “fica obrigatório o uso de máscara facial para todos os cidadãos que estiverem em serviços de saúde no município”. Além disso, a norma prevê que todos os estabelecimentos de Guaraqueçaba devem “manter medidas sanitárias e recomendações da Secretaria Municipal de Saúde, visando o enfrentamento da Covid-19”, afirma o decreto.

“As medidas restritivas poderão ser revistas a qualquer tempo, com base na situação epidemiológica do município em relação aos casos do novo Coronavírus (Covid-19), seguindo orientação do corpo técnico da Secretaria Municipal de Saúde”, finaliza a Prefeitura de Guaraqueçaba.

Com informações da Prefeitura de Guaraqueçaba