Connect with us

Coronavírus

Comissão Especial de Investigação da Vacina apura denúncias de “fura-fila” em Paranaguá

Deputado Fernando Francischini esteve e colheu dados para apurações

Publicado

em

A Comissão Especial para Examinar o Cumprimento da Ordem de Vacinação contra a Covid-19 se reuniu nesta semana para apresentar os planos de sequência dos trabalhos do grupo da Assembleia Legislativa do Paraná, que apura irregularidades no processo de imunização contra a Covid-19 no Estado.

O presidente da Comissão, o deputado Fernando Francischini (PSL) esteve em Paranaguá na manhã de sexta-feira, 28, para uma diligência com a Comissão Especial de Investigação da Vacina, que segue apurando denúncias de pessoas que teriam furado a fila da imunização em Paranaguá e recebido pelo menos uma dose da vacina. De acordo com Francischini, seis pessoas estão sendo investigadas por furar a fila e teriam usado o CPF de pessoas mortas para tal.

“Viemos investigar a vacinação de mortos em Paranaguá, baseados em documentos encaminhados à nossa Comissão Especial pela Controladoria Geral da União. Para nossa grata satisfação, na audiência com o prefeito Marcelo Roque foram apresentados documentos comprovando que houve um erro de digitação no lançamento de dados da vacinação. Tudo foi checado, inclusive com visitas às residências das pessoas vacinadas e a conferência da Carteira Nacional de Saúde, o que mostrou que os imunizados não são os mesmos que aparecem no sistema”, destacou o deputado Francischini.

“Infelizmente esse erro quase colocou Paranaguá na lista das cidades que estão fraudando a vacinação com mortos. Temos aqui ainda outros seis casos de fura-fila que estão sendo levantados com o apoio da Prefeitura de Paranaguá e que em breve poderemos detalhar”, comentou o deputado e presidente da Comissão Especial de Investigação da Vacina.

No Paraná, CPF de 90 pessoas mortas foram usados para furar a fila de vacinação contra a Covid-19, segundo dados levantados pela Comissão Especial da Assembleia Legislativa. Segundo a comissão, as irregularidades foram verificadas em 30 cidades do estado. De acordo com o presidente da Comissão, Fernando Francischini, os dados apontam que estas pessoas tomaram pelo menos uma das doses da vacina. As prefeituras das cidades onde há casos de fraude estão sendo questionadas e, posteriormente, o caso deve ser levado ao Ministério Público.

“Após sabermos dessas seis pessoas denunciadas em Paranaguá, nós fizemos um filtro e infelizmente foi um erro de digitação onde a pessoa se vacinou, mas trouxe o cartão do SUS do marido que é falecido. Fomos às residências de todas essas seis pessoas para conferir tudo. Então, nenhum falecido se vacinou, todos estavam no direito de tomar a vacina. Tudo isso já está sendo solucionado”, disse o prefeito Marcelo Roque.

“É importante essa comissão vir a Paranaguá e ir ao Paraná todo tirar as dúvidas e também ingressar com todos os pedidos nos órgãos competentes. A gente fica feliz por estar recebendo os deputados, além de fazer este trabalho que ajuda o nosso litoral”, comentou o prefeito.

O principal objetivo da Comissão é “fechar a torneira das fraudes na vacinação, com uma proposta Legislativa endurecendo a fiscalização”, disse o deputado Delegado Francischini, que na oportunidade comentou também sobre um outro alvo de investigação na cidade de Apucarana, onde uma falsa enfermeira foi presa pelo desvio de doses de vacina. “Algumas pessoas estão usando brechas do Plano Nacional de Imunização”, finalizou.

Denúncias podem ser feitas em:

https://instagram.com/fernando_francischini_

https://m.facebook.com/FernandoFrancischiniBR/

[email protected]

WhatApp +55 41 9277-0017

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.