Connect with us

Coronavírus

Com redução de casos e ocupação de leitos, toque de recolher é revogado no Paraná

Foram liberados eventos de até mil pessoas, com vacinados e testados

Publicado

em

Na terça-feira, 14, o Governo do Estado divulgou que entrou em vigência em todo o Paraná o Decreto n.º 8.705/2021, que alterou as medidas restritivas de combate ao Coronavírus. Segundo o Estado, com a redução no número de casos confirmados da Covid-19 e da ocupação de leitos hospitalares, o governador Carlos Massa Ratinho Júnior assinou o decreto que revogou o toque de recolher, permitindo livre circulação durante a madrugada em todo o Paraná, permitindo também a comercialização de bebida alcoólica no período em questão. 

Segundo a assessoria do Governo do Estado, o decreto possui validade até o dia 1.º de outubro e pode ser alterado devido ao cenário epidemiológico da pandemia ou situação vacinal contra a Covid-19, de acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). 

De acordo com o novo decreto, poderão acontecer em todo o Paraná eventos com até mil pessoas, com respeito ao limite de capacidade de 50% para locais fechados e 60% para locais abertos. “Contudo, os participantes precisam estar com o esquema vacinal completo contra a doença ou apresentar exame RT-PCR negativo, com no máximo 48 horas de antecedência”, detalha.

“Também fica permitido o consumo de bebidas e comidas em eventos. Para tanto, é necessário usar máscara cobrindo o nariz e a boca durante todo o momento, exceto para ingestão momentânea de comida ou bebida”, afirma a assessoria do Governo Estadual.

Eventos que seguem proibidos

“Permanece proibida a realização presencial dos eventos, de qualquer tipo, que possuam uma ou mais das seguintes características: em local fechado que não tenha sistema de climatização com renovação do ar e Plano de Manutenção, Operação e Controle atualizados; que demandem a permanência do público em pé durante sua realização; com duração superior a 6 horas; que não consigam garantir o controle de público no local ou que possam atrair presença de público superior àquele determinado nesta norma, como exposições e festivais; de caráter internacional; realizados em locais não autorizados para esse fim; e que não atendam os critérios previstos nesta legislação e demais normativas vigentes”, detalha a assessoria.

Segundo o Governo Estadual, caberá à Sesa, através de ato normativo próprio, estabelecer um cronograma de flexibilização das normas restritivas empregadas no controle pandêmico, segundo o avanço da vacinação contra a Covid-19, algo que deve ser feito de forma escalonada e gradativa, “condicionado à avaliação dos indicadores de monitoramento dos casos de Covid-19 no Paraná”, completa.

Avanço na vacinação 

De acordo com os dados da Sesa, seguindo o boletim epidemiológico divulgado na terça-feira, 14, o Paraná soma 1.474.961 casos e 37.944 óbitos pela Covid-19. “A média móvel de casos, porém, é 56,6% menos do que há 14 dias. A redução de mortes no mesmo período ficou em 50%. Já a ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) exclusivos para tratamento da doença está em 55%, enquanto a taxa de ocupação dos leitos de enfermaria é de 39%”, explica.

No mesmo dia 14, o Estado ultrapassou a marca de 8 milhões de pessoas vacinadas com a primeira dose (D1) ou dose única (DU) da vacina contra o Coronavírus.

O novo decreto está disponível na íntegra no arquivo abaixo:

Com informações da AEN/Sesa

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.