Connect with us

Ciência e Saúde

Pediatra reforça a importância da vacinação em crianças

Dra. Rita de Cassia Estanislau Rodrigues, graduada pela Faculdade Evangélica do Paraná, possui Residência em Pediatria na UFPR e Pós-Graduação em Saúde Pública pela EEAN/UFRJ, também é Médica Cooperada da Unimed Paranaguá

Publicado

em

No período em que vivemos, é de suma importância relembrarmos a importância da vacinação em massa como forma de prevenção e contenção de surtos e epidemias.

Neste Momento Saúde, a pediatra da Unimed Paranaguá, Dra. Rita de Cassia Estanislau Rodrigues, fala sobre a importância da vacinação preventiva na infância. Confira:

Qual a importância da vacinação preventiva na infância?

Dra. Rita: Em 2019, durante a Semana Mundial da Imunização, a OMS alertou sobre a possibilidade de cerca de 20 milhões de crianças em todo mundo não estarem com as carteiras de vacinação atualizadas, apesar dos programas de imunização em dia. Isso acaba favorecendo o ressurgimento de doenças infantis já erradicadas como, por exemplo, o sarampo.

Sabe-se da importância da vacinação, prevenindo inúmeras doenças causadas por vírus e bactérias, como tuberculose, poliomielite, pneumonias, meningite, sarampo e outras, comuns na pediatria.

Mas destacamos a importância de incentivar cobertura vacinal em todas as idades além da faixa infantil por doenças que podem ser prevenidas na idade adulta e idosos como Influenza (gripe) e Covid-19.

Quais são as vacinas mais importantes?

Dra. Rita: Todas as vacinas do calendário de imunização do Ministério de Saúde são importantes, de acordo com PNI (plano nacional de imunização) que é referência mundial pela OMS e previnem e diminuem o surgimento de doenças infantis.

Dentre elas, podemos citar: BCG (Tuberculose), Pentavalente (Tétano, Hepatite B, Meningite, Influenza do tipo B, Coqueluche, Difteria) Tetraviral (Sarampo, Caxumba, Rubéola e Varicela) entre outras.

Ao nascer realiza-se a aplicação da vacina da BCG e Hepatite B. Aos 2 meses de vida faz se a Pentavalente e após 1 ano de vida a Tetraviral.

Quais são os perigos e consequências da falta de vacinação?

Dra. Rita: A não vacinação ou não cumprimento do calendário vacinal faz com que doenças erradicadas com o sarampo, altamente contagiosa e de transmissibilidade impressionante ressurjam. Aumenta-se a dificuldade de erradicar outras doenças na faixa pediátrica como Rubéola, Poliomielite, Tuberculose e outras.

A Sociedade Brasileira de Imunização defende uma taxa de imunização de 95% do público-alvo e ressalta que a vacinação interrompe a transmissão de vírus e bactérias.

O Plano Nacional de Imunização define o calendário de vacinação levando em consideração dados epidemiológicos, riscos, vulnerabilidade, e possui orientações específicas às crianças, gestantes, indígenas, idosos, etc. Sendo citado pela OMS, como referência mundial.

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.