conecte-se conosco

Ciência e Saúde

Mutirão contra a Dengue percorreu Jardim Ouro Fino e Jardim Jacarandá

Além da ações diárias durante o ano todo, força-tarefa do município está percorrendo bairros de Paranaguá

Publicado

em

Foto: Prefeitura de Paranaguá/Divulgação

Na terça-feira, 17, a Prefeitura de Paranaguá, através da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), iniciou uma série de mutirões contra a Dengue em bairros do município, algo que está contando com apoio das secretarias municipais de Meio Ambiente (Semma) e Obras Públicas (Semop), entre outras pastas. O foco principal é a eliminação de criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor da doença, com ação para remoção de entulhos e locais com acúmulo de água, bem como ações de conscientização junto aos cidadãos para evitar a proliferação do mosquito e controlar a incidência da Dengue em Paranaguá.

A operação foi iniciada nos bairros Jardim Ouro Fino, Conjunto Cominese e Comerciários. Na quinta-feira, 18, equipes percorreram as localidades Jardim Ouro Fino e Jardim Jacarandá. A força-tarefa deverá alcançar mais bairros nos próximos dias e semanas. Equipes atuam durante todo o dia, dialogando com a população para somar forças contra a dengue, bem como removendo entulho e lixo de diversas vias e locais de Paranaguá.

“Durante todo o ano, os agentes de endemias percorrem os bairros de Paranaguá levando orientações para a população, realizando a remoção de criadouros e sempre que necessário, utilizando a bomba costal para eliminação do inseto em sua fase alada. Contudo, teremos o reforço desse trabalho na cidade por meio dos mutirões”, afirma a secretária municipal de Saúde, Lígia Regina de Campos Cordeiro.

Cronograma e armadilhas

Segundo a gestora da pasta, um cronograma alcançará de forma descentralizada os bairros de Paranaguá. “Na data informada, os moradores podem colocar pra fora, entulho e lixo para serem retirados”, detalha. “Faremos uma varredura nos bairros e todas as quintas-feiras haverá mutirões. Sempre anunciaremos os próximos bairros antecipadamente para que os moradores tenham tempo hábil para remover entulhos que possam ser criadouros”, completa o supervisor de equipes, Thiago Batista.

De acordo com a superintendente de Vigilância em Saúde, Marianne Gomes, após a ocorrência do mutirão, as equipes colocarão armadilhas para o mosquito Aedes aegypti, com o intuito de analisar os resultados da ação em cada bairro. “Lembramos que o lixo e entulhos somente devem ser colocados para fora no dia que o mutirão for passar pelo bairro do morador”, explica.

Situação da Dengue em Paranaguá

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), até o último boletim divulgado na terça-feira, 17, sob o n.º 38/2021-2022, que contabiliza dados da Dengue entre agosto de 2021 até o presente momento, Paranaguá já registrou 48 casos confirmados da doença, sete deles na última semana. Desde o início do período analisado, o município não registrou mortes devido à Dengue e contabilizou dois diagnósticos de Dengue com Sinais de Atenção (DSA).

A Sesa alertou todo o Paraná quanto à necessidade de alerta contra a doença, pedindo não apenas a ação dos municípios, mas apoio da população na eliminação dos criadouros “já que a maioria está localizada em terrenos e residências”, informa. “Estamos sempre em alerta quanto a dengue e realizando trabalhos contínuos para evitar a proliferação desenfreada do mosquito e precisamos sempre da colaboração da população nessa luta verificando frequentemente seus quintais e residências para que não haja água parada em vasos, calhas, pneus, garrafas, ralos, entre outros locais que possam se tornar morada para o Aedes aegypti”, finaliza a secretária Lígia Cordeiro.

Com informações da Prefeitura de Paranaguá e Sesa