conecte-se conosco

Ciência e Saúde

Mais de 11 mil pessoas já foram vacinadas contra a Gripe em Paranaguá

Vacinação está disponível na Estação Ferroviária e nas unidades básicas

Publicado

em

A 23.ª Campanha Nacional contra a Gripe segue até 19 de julho e já vacinou, em Paranaguá, mais de 11 mil pessoas que fazem parte dos grupos indicados pelo Ministério da Saúde. Estão sendo imunizados os idosos, professores, crianças de seis meses a cinco anos, profissionais da saúde, puérperas e gestantes.

A meta para todos os Estados, segundo o Ministério da Saúde, é imunizar pelo menos 90% dos grupos prioritários. Na campanha anterior, a cobertura vacinal no Paraná foi de 92,01%. “A campanha está sendo bem aderida, mesmo porque o primeiro público-alvo, que foi composto por crianças, não terá direito à vacina contra a Covid-19, então os pais podem imunizar seus filhos para que eles estejam protegidos”, informou a diretora de Enfermagem da Secretaria Municipal de Saúde, Miriam Simião da Silva.

A partir de 9 de junho, também receberão a vacina, pessoas com comorbidades, com deficiência permanente, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso, trabalhadores portuários, forças de segurança e salvamento, forças armadas, funcionários do sistema de privação de liberdade, população privada de liberdade, adolescentes e jovens em medidas socioeducativas.

A prefeitura de Paranaguá divulgou nesta semana um levantamento sobre o andamento da vacinação no município e desde abril já foram vacinadas 4.732 crianças de seis meses a cinco anos, 25 puérperas, 4.194 idosos, 17 professores, 310 gestantes, 1.739 profissionais da saúde e 10 indígenas.

A vacinação está disponível em frente à Estação Ferroviária das 8h às 17h e nas unidades básicas de saúde, de segunda a sexta-feira. É importante que o cidadão busque um desses locais com documento original com foto, Cartão SUS e, preferencialmente, a carteira de vacinação. É importante um intervalo mínimo de 14 dias entre a vacina contra a Covid-19 e a da gripe.

“A orientação é que as pessoas procurem os postos com os devidos documentos, pois nós temos um sistema que é alimentado e quando chega ao final do dia a gente consegue exportar todos esses dados para o Ministério da Saúde, isso faz com que o vacinômetro do Paraná aumente. Então pedimos que as pessoas que estão dentro do grupo prioritário vão se vacinar, agora que está chegando o frio, o parnanguara está acostumado com bastante calor e a gente sente essa queda brusca na temperatura. Então, já se imunize, quem estiver na idade certa”, orienta a diretora de Enfermagem da Secretaria de Saúde de Paranaguá, Miriam Simião da Silva.

A gripe é uma infecção viral respiratória febril aguda, contagiosa e que pode afetar pessoas de todas as idades. O número de casos de influenza tende a aumentar no inverno, pois com as temperaturas mais baixas, as pessoas tendem a permanecer por mais tempo em ambientes fechados favorecendo a transmissão viral. A infecção pode acarretar hospitalização e morte, principalmente entre os grupos de maior risco como os muito jovens, idosos ou doentes crônicos e, além de manter os locais arejados, a higienização das mãos e dos ambientes, a vacina é a melhor prevenção para evitá-la.