Connect with us

Ciência e Saúde

Janeiro Branco destaca importância da saúde mental no Paraná

Segundo a OMS, depressão afeta mais de 350 milhões de pessoas no planeta (Foto: Alep)

Publicado

em

Campanha no Estado é determinada pela lei 19.430/2018

O ano se inicia e junto vem o planejamento das ações que serão desenvolvidas nos próximos meses, o pensamento sobre a vida, a nossa existência. A pandemia do Coronavírus contribui ainda mais para essa preocupação de como será o novo ano e todos devemos ficar em alerta quanto a isso. Por isso, o mês de janeiro é dedicado à mobilização da sociedade em favor da saúde mental. A campanha Janeiro Branco ocorre em vários Estados do Brasil e aqui no Paraná não é diferente. Durante todo o mês devem ser realizadas campanhas de conscientização da saúde mental, e sobre a importância da prevenção, tratamentos e da necessidade de acesso aos serviços de saúde.

O Janeiro Branco foi instituído no Paraná em 2018, através da lei estadual 19.430/2018. “Estamos vivendo momentos turbulentos, de ansiedade à espera da imunização das pessoas e do combate ao Coronavírus. Diante de tantas incertezas e debates políticos desgastantes que chegam em nossas redes todos os dias, precisamos tirar um tempo para deixar nossa mente respirar”, disse o deputado Requião Filho, autor da proposta. 

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a depressão afeta mais de 350 milhões de pessoas no planeta. O Brasil é o País com o maior número de pessoas ansiosas no mundo (9,3% da população) e 5,8% dos brasileiros sofrem de depressão, segundo dados da OMS.

Outros dados da OMS também indicam que entre 35% e 50% dos pacientes com transtornos mentais em países de alta renda não recebem tratamento adequado. Nos países de baixa e média renda, o percentual é ainda maior, ficando entre 76% e 85%. Ainda de acordo com a entidade, a cada 45 minutos, uma pessoa comete suicídio no Brasil e, em 90% das vezes, esse caso está associado a algum distúrbio mental.

A Campanha 

A campanha “Janeiro Branco” foi criada em 2014 pelo psicólogo mineiro Leonardo Abrahão com a missão de sensibilizar a sociedade sobre a importância dos cuidados com a saúde mental. Durante o mês, são realizados debates e ações que visam a trazer informações relevantes sobre o tema da saúde mental e emocional. O que se busca através dessa abordagem é disseminar conhecimento e introduzir uma cultura de maior atenção à saúde mental.

O seu objetivo é chamar a atenção da humanidade para as questões e necessidades relacionadas à Saúde Mental e Emocional das pessoas e das instituições humanas. Uma humanidade mais saudável pressupõe uma cultura da Saúde Mental no mundo.

Fonte: Alep

Leia também: Cirurgias eletivas seguem suspensas por tempo indeterminado