conecte-se conosco

Ciência e Saúde

Bruxismo e outros distúrbios faciais: como tratar?

Toxina Botulínica na Odontologia

Publicado

em

“Da terapêutica a estética”

Pode parecer novo e até estranho para algumas pessoas, mas o uso de toxina botulínica dentro da classe Odontológica, popularmente conhecido como BOTOX ( marca de um dos fabricantes ) já faz parte a algum tempo na vida clínica dos dentistas. A toxina botulínica adentrou nessa classe profissional, para alívio de dores e/ ou desconfortos musculares faciais. Uma explicação básica mas que ajuda a compreender o efeito da toxina é saber que ela “neutraliza”movimentos involuntários dos músculos, em geral. Desta forma, imagine uma pessoa que foi entubada e está inconsciente. Seus movimentos musculares involuntários continuam e destes pode-se pensar nos músculos da face e principalmente da boca. Esses pacientes “mordem” sem perceber o tubo e acabam tendo fraturas dentárias ou quebra do próprio tubo. A aplicação da toxina nesse caso se torna muito apropriada e dá conforto ao paciente, familiares e a equipe médica. Nesse mesmo raciocino, pensa-se na população em geral que tem cada vez mais transtornos de ansiedade, depressão, agitação e desenvolvem “apertamento” dos dentes ou desgastes dos mesmo, sem controle sobre isso.

O nome dado popular é BRUXISMO ( por ter um barulho um pouco “assustador”) mas na verdade se trata de um distúrbio muscular facial associado a picos eufóricos sem controle. Pessoas que apresentam esse quadro, podem ter dores nos músculos da face, zumbido no ouvido, estalidos quando abre a boca, desagastes severos nos dentes e cansaço muscular. Nestes casos também temos a teraupetica de tratar com a toxina, aliviando a dor, muitas vezes associa-se o uso de uma placa rígida intrabucal de acrílico.

Desta forma, o profissional mais qualificado para realizar esse procedimento é o cirurgião dentista com conhecimento especifico nessa técnica. Alguns casos de Cefáleia , as famosas dores de cabeça, também podem ser tratada com aplicações desse produto após avaliação clinica do dentista. No caso de Sorriso Gengival, que aparece muito a gengiva ao sorrir, também pode ser corrigido com aplicação de toxina conseguindo resultados satisfatórios de um sorriso mais harmonioso. Com esses pontos colocados até aqui e o conhecimento das estruturas da face que os dentistas tem, fica fácil imaginar por que a classe Odontológica recebeu o direito, em 2016, da aplicação da toxina para fins estéticos também.

Lógico, como tudo em todas as especialidades da área da saúde, os profissionais que usarão desta nova ferramenta, deverão ter embasamento cientifico (cursos / residências e ou especialização na área) e destreza manual (técnica). Conclue-se, que a toxina botulínica é altamente indicada para casos de dores e desconfortos faciais como para estética do sorriso e do rosto. Tendo os dentistas habilitados a autorização legal e eficiência no manejo desse produto sintam-se a vontade em conversar com seu dentista e entender um pouco mais sobre como ele pode melhorar a sua qualidade de vida e a sua auto- estima.

Marcelli S.S. Camargo CRO:100.890

@Marcelli_Camargo

Professora da Especialização de Prótese da USP

Coordenadora da Especialização de Prótese do CAP/ ARACAJU

Mestre pela USP

Especialista em Prótese pela USP

Especialista em Implante pela UNINOVE Membro ITI (Internacional Team of Implantology)

Endereços de Atendimento:

São Paulo: Rua Itapeva, 26. Bela Vista

Pontal do Paraná: Rod PR 412, 1188ª. Praia de Leste

Continuar lendo
Publicidade