Logotipo

TCP tem movimentação recorde em julho

12 de agosto de 2019

Terminal operou 83.985 TEUs, considerado o maior volume do ano e aproximadamente 13% do total foi movimentada por ferrovia (foto: Giuliano Gomes)

Compartilhe

A TCP – empresa que administra o Terminal de Contêineres de Paranaguá, registrou um novo recorde em julho, com movimentação total 83.985 TEUs – considerado o maior volume desde maio, quando foram contabilizados 82.191 TEUs. Do total,12.252 TEUs são referentes à movimentação da ferrovia, valor que ultrapassa o último recorde que havia sido registrado em outubro de 2018, em 11.809 TEUs.

Alexandre Rubio, diretor Comercial da TCP, explica que o grande volume de julho se deve à flexibilidade dos berços.

“Com a entrada em operação do berço 218, o cais passou a contar com 1.099 metros de extensão e permite que o Terminal ofereça mais flexibilidade nas atracações e, consequentemente, no ajuste de navios que chegam à Paranaguá fora de janela, devido a atrasos em outros portos”.

O executivo destaca que devido à alta produtividade do terminal, os navios fora de janela ou navios com escalas adicionais operaram de forma rápida, carregando a quantidade de contêineres projetada e recuperando o tempo perdido. “Uma das características da operação feita pela TCP é a sua produtividade. Contamos com sistemas integrados e equipamentos modernos, que permitem uma excelente gestão de pátio e a automação de processos. São ações integradas que fazem com que o tempo das operações sejam menores e que seja mantida a qualidade no serviço prestado”, diz.

O recorde é também, segundo Rubio, consequência do grande volume de importação originária, principalmente, da China. “Os principais produtos de importação beneficiam a indústria do Paraná e da região de influência. São eletroeletrônicos, bens de consumo e automotivos. Além disso, há o volume de exportação, com destaque para a cadeia do reefer, com carne, papel e celulose”, ressalta.

NOVO BERÇO

O novo berço de atracação da TCP entrou em operação no final do mês de junho. Com ele, o Terminal de Contêineres de Paranaguá passa a contar com quatro berços, o que permitirá ao Terminal operar novos serviços que ainda não estão disponíveis em Paranaguá como os para a Costa Leste e os de cabotagem.

SOBRE A TCP

A TCP é a empresa que administra o Terminal de Contêineres de Paranaguá - um dos maiores terminais de contêineres da América do Sul - e a empresa de operações logísticos TCP Log, que oferece serviços de integração da cadeia logística para cargas localizadas no Sul e Sudeste do Brasil.

Responsável pelo maior investimento do setor portuário Brasil na atualidade, onde estão sendo aplicados mais de R$ 550 milhões nas obras de ampliação da capacidade de movimentação do terminal dos atuais 1,5 milhão de TEUs/ano para 2,5 milhões de TEUs/ano, a TCP está se preparando para atender a demanda de mercado brasileiro pelos próximos 30 anos.

Desde março de 2018, a TCP integra o portfólio da China Merchants Port Holding Company (CMPort), o maior e mais competitivo desenvolvedor, investidor e operador de portos públicos da China. Atualmente, as operações e investimentos da empresa se estendem pelas áreas costeiras em Hong Kong, Taiwan, Shenzhen, Ningbo, Shanghai, Qingdao, Tianjin, Dailian, Zhangzhou, Zhanjiang e Shantou. A empresa também vem ampliando sua presença no Sul da Ásia, na África, no Mediterrâneo e na Austrália.

Em março de 2018, o portfólio global de portos da CMPort abrangia 5 continentes, 17 países e regiões e 32 portos. Em 2017 a CMPort movimentou 100 milhões de TEUs.


Colunistas